Blog de Ribamar Bianchini


Atacante Emerson Sheik deve estrear pelo Timão no clássico contra Santos

Técnico Tite revela projeção de utilizar o atacante a partir de 14 de junho

Por Carlos Augusto Ferrari São Paulo


Emerson Sheik exames Corinthians (Foto: Ag. Estado)
Emerson Sheik durante exames (Foto: Ag. Estado)

O técnico Tite ganhará em meados de junho um reforço para escalar o Corinthians no Campeonato Brasileiro. Nas contas da comissão técnica do Timão, o atacante Emerson Sheik estará liberado para ser utilizado a partir do próximo dia 14. Assim, estaria à disposição para encarar o Santos, dia 19, na Vila Belmiro.

- Conversei com o Dudu (Eduardo Silva, preparador físico), com o departamento médico e o de fisioterapia. A posição é que dia 14 ele esteja liberado para jogo. Vão dar três semanas – afirmou o treinador.

Emerson Sheik foi apresentado na última segunda-feira, no CT Joaquim Grava, mas ainda sem condições físicas de estrear. O jogador rescindiu contrato com o Fluminense no mês passado e ficou praticamente sem atividade neste período.

O atacante vem treinando separadamente do elenco neste momento para poder recuperar a forma. Por isso, ainda sequer pisou no gramado do local. Em 2010, Sheik sofreu com várias lesões e se ausentou de jogos importantes do Tricolor carioca. Mesmo assim, marcou o gol que valeu o título brasileiro, diante do Guarani, no Engenhão.

- A gente faz o planejamento com base nas condições normais. Não dá para garantir completamente – ressaltou TIte.

O treinador, aliás, aguarda ansiosamente pela entrada do goleador. Neste momento, o comandante conta apenas com Willian, Liedson e o garoto Elias Oliveira para o ataque. Edno continua no clube, mas espera propostas para ser negociado. Já Adriano, principal contratação para a temporada, só voltará em setembro.



Escrito por ribamarbianchini às 09h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





Painel FC

EDUARDO OHATA e BERNARDO ITRI painelfc.folha@uol.com.br

Unânime

A pedido da única parlamentar da oposição a presidir uma comissão no Senado, Lúcia Vania (PSDB-GO), que trata de infraestrutura, ocorre no próximo dia 7 uma audiência pública sobre a questão aeroportuária, tema que tem chamado a atenção da presidente Dilma Rousseff. Viana aponta que, além de Copa e Olimpíada, há outros dois eventos mais próximos: os Jogos Militares-11 e a Copa das Confederações-13.



Interessados. A audiência será conjunta com as comissões de Assuntos Econômicos e de Desenvolvimento Regional e Turismo.

Lista. Foram convidados o presidente da Infraero, Antonio Gustavo Matos do Vale, o diretor-presidente interino da Anac, Carlos Eduardo Peregrino, e o chefe da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, Wagner Bittencourt de Oliveira.

Na conta. Com a provável aprovação dos contratos de direitos de transmissão do Brasileiro no Conselho Deliberativo, na segunda, o Flamengo irá receber em 2011 R$ 45 milhões da Globo. Desse valor, R$ 29,7 mi são referentes a luvas pela assinatura e R$ 15,3 mi de antecipação de pay-per-view.

Pagar para ver. De acordo com dirigentes flamenguistas, o contrato com a Globosat não tem definido o valor correspondente à TV fechada. Com todos os outros acordos, o Flamengo receberá anualmente R$ 88,856 milhões. O clube espera que essa quantia alcance R$ 98 milhões com o que deve ser recebido com a TV fechada.

Acaso. Os atletas do Barcelona que deram coletiva ontem, Puyol e Valdés, foram os mesmos que falaram antes da decisão de 2009. Ambos tentaram, sem sucesso, negar que o fato se deveu à superstição. "Foi sorteio, casualidade", disse Valdés.

Bocudo. Cruyff não agradou a gente ligada ao clube ao comentar que, com o título ou não, vê Guardiola fora da equipe. O treinador, defendido pelos jogadores, garantiu que cumprirá o seu contrato até o meio de 2012.

Lacônicos. Poucas pessoas ligadas à Fifa foram vistas ontem em Wembley, o que não diminuiu o barulho em torno dos escândalos recentes na entidade. O silêncio de Joseph Blatter sobre o caso foi seguido por alguns de seus aliados em Londres.

Lado do balcão. Antonio Moreno, ex-presidente do Pinheiros, passa a integrar o Lide Esporte. Ele fará o meio de campo entre a presidência de clubes e confederações com a associação de empresas privadas que capta investimentos para projetos.


Colaborou RODRIGO BUENO, enviado especial a Londres

DIVIDIDA

"A eleição presidencial da Fifa se tornou uma farsa. Ela deveria ser suspensa"


HUGH ROBERTSON
ministro do Esporte da Inglaterra, sobre as denúncias contra Blatter e Bin Hammam



Escrito por ribamarbianchini às 09h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Mesmo criticados, Luan e Adriano devem permanecer no Palmeiras

Atacantes sofrem com a falta de gols, mas têm confiança de Felipão. Um deve ter empréstimo renovado, enquanto outro recusou propostas de rivais

Por Diego Ribeiro São Paulo


luan comemora gol do palmeiras sobre o goiás (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)
Luan comemora um de seus seis gols pelo Verdão
(Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Dois dos jogadores mais criticados pela torcida do Palmeiras estão em alta com o técnico Luiz Felipe Scolari. Os atacantes Luan e Adriano não gozam de prestígio junto aos palmeirenses, mas devem permanecer no clube por vontade do comandante. Sondado pelo Bahia, o Michael Jackson disse “não” para seguir com Felipão. E com contrato vencendo no fim de julho, Luan deve ter empréstimo prorrogado junto ao Toulouse-FRA.

- Pedi à direção que mantivesse o Luan, seguir com o empréstimo seria ótimo. Ele quer ficar mais um ano, seis meses no Brasil. Cumpre papel importante no time. Só depende de valores e acertos entre as direções – destacou Felipão.

O Palmeiras já tem a proposta para oferecer ao clube francês, que deve tomar decisão já na próxima semana. Afinal, o campeonato nacional termina neste domingo. Leal a Felipão, Luan ganhou a confiança do técnico por ter função tática relevante e exercer a marcação na saída de bola do adversário mesmo sendo atacante. O camisa 21 aprendeu no Palmeiras a importância de compor o meio-campo.

Pedi à direção que mantivesse o Luan"
Felipão

- A situação do Luan é simples. Se os franceses aceitarem a prorrogação, renovamos – afirmou o vice-presidente Roberto Frizzo.

Com Adriano é mais simples ainda. O empréstimo dele junto ao Fluminense só vence no fim do ano, então a preocupação se dava mais pela vontade do jogador em permanecer ou não no Palmeiras. Mesmo vivendo um jejum de gols de quase três meses, Adriano disse à diretoria que gostaria de permanecer. A proposta do Bahia não o seduziu, mesmo tendo sido um dos astros da equipe baiana na Série B do ano passado.

A dupla vive longo jejum de gols pelo Palmeiras. Adriano marcou pela última vez, no dia 2 de março, quatro gols na vitória por 5 a 1 sobre o Comercial-PI. No total, o Michael Jackson tem 18 jogos e seis gols no clube. Luan não balança as redes desde 16 de março, contra o Uberaba, quando marcou duas vezes na vitória por 4 a 0. No total, ele tem 46 jogos e seis gols com a camisa alviverde.

Luan e Adriano foram também dois dos mais criticados após a goleada por 6 a 0 sofrida contra o Coritiba, pela Copa do Brasil. No dia seguinte ao jogo, torcedores mais exaltados atiraram um coquetel molotov (espécie de bomba incendiária) que acertou justamente o carro de Luan, no estacionamento do CT. Em relação a Adriano, a reclamação é que o atacante estaria abusando das baladas, fato negado pelo jogador.



Escrito por ribamarbianchini às 09h45
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Após maratona de finais, Santos usa folga para prevenir lesões de titulares

Fora provisoriamente do Brasileiro, atletas fazem trabalhos especiais para não correrem o risco de perderem jogos decisivos da Taça Libertadores

Por GLOBOESPORTE.COM Santos, SP


neymar ze eduardo love, treino santos (Foto: Adilson Barros/Globoesporte.com)
Zé Love, Neymar e outros titulares terão folga dos
jogos no fim de semana (Adilson Barros/GE.COM)

Enquanto um Santos entra em campo às 18h30m deste sábado para enfrentar o Botafogo no Engenhão, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, outro folga para evitar a fadiga em uma época de decisões. O descanso dado aos atletas titulares do Peixe no fim de semana servirá para que a equipe de preparação física do time atue fora dos gramados.

Com o apoio de aparelhos de musculação e fisioterapia, além de exercícios de pilates, Ricardo Rosa, preparador físico do Peixe, trabalha para que Neymar e companhia não sofram na reta final da Taça Libertadores. Os atletas passam por algumas atividades para evitar as temidas lesões.

- Quando jogam quarta e domingo não há como recuperar os jogadores da maneira adequada. Poupando alguns atletas, nós conseguimos fazer uma melhor recuperação e prevenir as lesões sem contato (quando não há choque com outro jogador). Fazemos um fortalecimento muscular em superfícies instáveis para acionar os músculos profundos. Isso serve para dar equilíbrio aos grupos musculares - explicou o profissional.

Desde a chegada de Muricy Ramalho, há 14 partidas, o Santos teve nove duelos decisivos, entre jogos do Campeonato Paulista e da Taça Libertadores. O treinador só pôde dar uma folga aos principais jogadores da equipe no fim de semana passado, quando os liberou da estreia do Brasileiro contra o Internacional - eles apenas treinaram no sábado - e deu o domingo de folga. O mesmo ocorrerá neste fim de semana, quando o time B do Peixe pegará o Botafogo.

Apesar da maratona de partidas, Rosa acredita que o índice de lesões do Peixe foi baixo. Foram quatro atletas machucados: Patrick, Jonathan (com edemas), Maikon Leite e Paulo Henrique Ganso.

- O desgaste deles é físico e mental. Além da parte muscular, eles têm a "cobrança" da mídia, família e torcida por resultados. Por isso tem de descansar a cabeça também. Eles sabem o que fazer no domingo: não devem exagerar na comida e na bebida, para que isso não gere problemas estomacais, e precisam relaxar com as famílias.



Escrito por ribamarbianchini às 09h41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




São Paulo e Figueirense duelam por chance de dormir no topo da tabela

Tricolor ainda luta para acabar com escrita que já dura nove anos. Desde 2002, time não ganha as duas primeiras partidas do Campeonato Brasileiro

Por Marcelo Prado e Marcos Guerra São Paulo


De um lado o São Paulo, que apesar de só ter colecionado fiascos até agora em 2011, é apontado por muitos como um dos favoritos ao título do Campeonato Brasileiro. Do outro, o caçula Figueirense que, na rodada de início, mostrou que pode incomodar os adversários ao vencer o Cruzeiro diante de sua torcida. Rivais desta noite no estádio do Morumbi, paulistas e catarinenses brigam por um objetivo único: a liderança do nacional. Para isso acontecer, é preciso vencer a partida que será realizada a partir das 21h, no estádio do Morumbi, e ainda torcer para que o Atlético-MG não vença o Avaí no estádio da Ressacada, em Florianópolis, também neste sábado.

montagem Reinaldo Figueirense Dagoberto São Paulo (Foto: Editoria de Arte / GLOBOESPORTE.COM)
Reinaldo, do Figueirense, e Dagoberto, do São Paulo, vão comandar os seus ataques na partida que será realizada neste sábado à noite, no estádio do Morumbi (Foto: Editoria de Arte / GLOBOESPORTE.COM)

A partida será transmitida para todo o país pelo Canal Premiére, através do sistema pay-per-view. O GLOBOESPORTE.COM acompanhará o duelo em Tempo Real, com vídeos exclusivos. O carioca Felipe Gomes da Silva será o juiz da partida. Ele será auxiliado por Rodrigo Pereira Joia e Rodrigo Henrique Correia.

header o que esta em jogo

São Paulo: depois da traumática eliminação na Copa do Brasil, da ameaça de demissão do técnico Paulo César Carpegiani e do protesto de uma torcida organizada na porta do CT da Barra Funda, a vitória sobre o Fluminense aliviou o clima no Morumbi, principalmente pelo fato de que o time jogou com muitos garotos revelados na base. Vale lembrar que, se o Atlético-MG não ganhar do Avaí neste sábado, o São Paulo assumirá a liderança isolada do Campeonato Brasileiro, pelo menos neste sábado.

Figueirense: após a boa vitória sobre o Cruzeiro, o Figueirense quer mostrar que pode muito mais e o confronto contra um time poderoso como o São Paulo é uma boa oportunidade. Para ambientar os jogadores com o horário, o técnico Jorginho comandou um treinamento noturno esta semana. A situação da equipe de Jorginho é a mesma do São Paulo. Se ganhar e o Galo não passar pelo Avaí, o Figueirense irá dormir como primeiro colocado na tabela de classificação.

header as escalações 2

São Paulo: em relação ao time que venceu o Fluminense, Paulo César Carpegiani ganhou os reforços do zagueiro Rhodolfo, recuperado de lesão muscular na panturrilha esquerda, e de Fernandinho, que havia ficado no banco de reservas no primeiro duelo. Na defesa, o time perdeu Alex Silva, que foi dispensado pela diretoria antes mesmo do final do seu período de empréstimo. Miranda, com lesão no tornozelo esquerdo, segue vetado pelo departamento médico. A dúvida é o goleiro e capitão Rogério Ceni, que torceu o tornozelo em São Januário e fará um teste momentos antes da partida. Se ele for vetado, Denis será o substituto. A equipe deverá jogar com: Rogério Ceni (Denis); Jean, Xandão, Rhodolfo e Juan; Wellington, Carlinhos Paraíba, Casemiro e Lucas; Dagoberto e Fernandinho.

Figueirense: Jorginho ainda não definiu se escalará o Figueirense com um ou dois atacantes. Reinaldo está garantido na frente e, caso atue sozinho, o meio-campo deverá ser formado por Coutinho, Túlio, Ygor, Maicon e Wellington Nem. Com dois atacantes na frente, Lenny e Aloísio disputariam a vaga, ao lado de Reinaldo. Provável escalação: Wilson; Bruno, João Paulo, Edson Silva e Juninho; Ygor, Túlio, Maicon, Coutinho (Lenny ou Aloísio) e Wellington Nem; Reinaldo.

quem esta fora

São Paulo: Miranda e Luís Fabiano (machucados - o segundo ainda não atuou pelo São Paulo desde o retorno ao Brasil).

Figueirense: não há desfalques.

header fique de olho 2

Lucas (São Paulo): cada vez mais à vontade com a camisa 7 do São Paulo, o garoto Lucas roubou a cena na vitória sobre o Fluminense ao marcar um golaço no início do segundo tempo. Com presença confirmada no meio-campo, o garoto terá as companhias de Dagoberto e Fernandinho no ataque, o que deixa claro que o Tricolor usará a velocidade para tentar passar pelo seu oponente deste sábado.

Wellington Nem (Figueirense) – aos 19 anos, o garoto foi o grande destaque da equipe na vitória sobre o Cruzeiro ao criar as principais jogadas do ataque catarinense.

header o que eles disseram

Paulo César Carpegiani (técnico do São Paulo) "Paciência não existe no futebol. Só interessa o resultado. Tem de mostrar dentro de campo e quem falar algo diferente é hipócrita. Nosso pensamento é de buscar a vitória, dentro ou fora de casa. Temos sempre de nos impor, porque, no futebol, uma semana apaga tudo o que você já fez".

Jorginho (técnico do Figueirense) – "O São Paulo é um time forte, técnico e muito rápido. É preciso respeitá-los, mas sem deixar de procurar o ataque também. Sabemos que eles irão pressionar, mas os jogadores estão prontos para tentar neutralizar isso da melhor forma. Temos que ter muito cuidado, principalmente nas saídas rápidas de contra-ataques deles com Lucas e Dagoberto. Nosso padrão de jogo tem que ser o do segundo tempo contra o Cruzeiro, com marcação forte, posse de bola e saída em velocidade para o ataque”.

header números e curiosidades

* A história dos confrontos entre São Paulo e Figueirense no Campeonato Brasileiro mostra uma ampla superioridade da equipe paulista. Em 15 partidas disputadas, o Tricolor venceu nove, empatou quatro e perdeu apenas duas. No estádio do Morumbi, a equipe tem 100% de aproveitamento, com seis vitórias em seis jogos realizados.

* O São Paulo atuará pela 11ª vez no estádio do Morumbi na temporada 2011. Até agora, o time tem aproveitamento de 81,4% dos pontos disputados, fruto da seguinte campanha: nove vitórias, um empate e duas derrotas. O ataque marcou 55 gols e a defesa sofreu 31 tentos.

* O Figueirense disputará a Série A pela 13ª vez na história do Nacional. A melhor campanha foi registrada em 2006, quando o time terminou na sétima colocação. Em 2004, a equipe catarinense chegou a ser líder por uma rodada. Em sua última participação na elite, em 2008, a equipe acabou na 17ª posição e foi rebaixada.



Escrito por ribamarbianchini às 09h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Carma de Tite, setor de criação terá a nona dupla diferente na temporada

Enquanto Alex não é liberado, treinador quebra a cabeça para encontrar formação ideal na armação das jogadas. Agora, aposta em Morais e Danilo

Por Carlos Augusto Ferrari São Paulo

Alex chegou ao Corinthians chutando para longe o rótulo de “salvador da pátria”. Mas não adianta fugir. Com R$ 14 milhões investidos na contratação do ex-colorado, diretoria e comissão técnica esperam que o problema na armação acabe de uma vez por todas. Enquanto o novo cérebro alvinegro não estreia, Tite colocará em ação neste domingo, contra o Coritiba, às 16h, em Araraquara, pelo Brasileirão, a nona dupla diferente na criação desde o início: Morais e Danilo. Nenhum outro setor sofreu tantas mudanças.

Danilo Morais Corinthians (Foto: Montagem sobre foto do Globoesporte.com)
Danilo e Morais formarão a nona dupla de criação do Timão (Foto: Montagem sobre foto do Globoesporte.com)

O treinador não tinha a intenção de mudar a equipe depois da vitória por 2 a 1, de virada, sobre o Grêmio, em Porto Alegre. Entretanto, Ramírez foi convocado para as seleção peruana e abriu espaço para Danilo tentar mostrar que ainda pode ser titular. Contratado em 2010, o jogador nunca se aproximou do bom futebol que exibiu no Goiás ou no rival São Paulo.

DUPLAS DE CRIAÇÃO JÁ USADAS
DUPLA ATUAÇÃO
Bruno César e Jorge Henrique 6 jogos
Danilo e Ramírez 5 jogos
Jorge Henrique e Morais 5 jogos
Morais e Bruno César 3 jogos
Morais e Ramírez 3 jogos
Bruno César e Paulinho 2 jogos
Paulinho e Jorge Henrique 1 jogo
Danilo e Bruno César 1 jogo

Apesar de terem atuado juntos no empate por 2 a 2 com o São Bernardo, quando o Timão utilizou uma formação reserva por causa da Libertadores, Danilo e Morais não fizeram a mesma função. Naquela ocasião, o ex-vascaíno formou a dupla de ataque com Edno, enquanto o ex-são-paulino esteve na criação com Ramírez.

- As oportunidade aparecem. Estou treinando e dando meu máximo. Nosso grupo é bom, mas só 11 jogam, e quem decide é o treinador. O importante é estar bem, treinando ao máximo e esperando. Vou procurar ir bem para não sair mais – afirmou Danilo.

Manter a regularidade, aliás, é o grande problema do meio de campo. No início do ano, ainda com Jucilei à disposição, Tite tentou transformar Paulinho no novo Elias e jogando ao lado de Bruno César. O desempenho não agradou. Para enfrentar o Tolima-COL, pela fase prévia da Libertadores, mudou para Bruno César e Jorge Henrique. Em Ibagué, outra alteração, agora para Paulinho e Jorge Henrique. Resultado? Corinthians eliminado.

A dolorosa queda no torneio internacional acarretou em novos testes. Sobrou para Bruno César, que foi de artilheiro do time em 2010, com 15 gols, para a quarta opção do meio de campo. Ramírez chegou do Universitario-PER e logo virou titular ao lado de Danilo. Também não deu certo. Muita lentidão e pouca criatividade.

A má fase refletiu no ataque. Nas sete primeiras rodadas do Paulistão, o Corinthians tinha anotado somente sete gols. Para Tite, o problema não era a má pontaria dos atacantes, mas, sim, a falta de uma armação consistente.

- O índice é baixo. Nós precisamos melhorar e esse ajuste reflete na criação. É o primeiro estágio. Depois, vem a conclusão – reconheceu o treinador na ocasião.

Morais também teve suas oportunidades ao longo da primeira fase do Paulistão. Ele e Bruno César foram quem mais atuaram como titulares – 12 vezes. Mas, na reta final, o jogador acabou perdendo espaço para o “Chuta-Chuta”, que voltou a ser aproveitado, desta vez ao lado de Jorge Henrique, mais recuado. Apesar de exibições irregulares, o Timão avançou à final e ficou com o vice-campeonato estadual.

Até o confronto passado, Tite havia utilizado em 2011 nada menos que oito duplas de armadores diferentes. A mais comum foi formada por Bruno César e Jorge Henrique (seis vezes). Ela é seguida por Danilo e Ramírez, além de Jorge Henrique e Morais (ambas com cinco).

A partir de 3 de agosto, quando será aberta a janela de inscrições para atletas vindos do exterior, Alex será titular absoluto. Quatro jogadores brigaram pela outra vaga. Serão pouco mais de dois meses para convencer Tite. Quem não for aprovado dificilmente continuará no clube em 2012. A disputa já começou!



Escrito por ribamarbianchini às 12h02
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PAINEL FC

EDUARDO OHATA E BERNARDO ITRI - painelfc.folha@uol.com.br

Tudo de novo

Impulsionada pelas denúncias de corrupção envolvendo a eleição da sede da Copa do Mundo de 2022, a Austrália se prepara para pedir oficialmente novo pleito. O argumento é o de que há dezenas de denúncias relacionadas à votação que estão sem resposta, e não há ações da Fifa nessa direção. Além da Austrália, EUA, Japão e Coreia do Sul disputavam o Mundial de 2022, que acabou ficando com o Qatar.



Belicoso. O ministro do Esporte da Austrália, Mark Arbib, vai além e afirma que as autoridades suíças devem considerar ações legais imediatas contra a Fifa e seus executivos, na hipótese de alguma acusação de compra de voto ter algo de verdade.

Remédio. Preocupado com o escândalo, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, promoverá seminário no mês que vem para falar do tema.

Vago. Candidato de oposição no Corinthians, Paulo Garcia nega que Antonio Citadini ocupará o cargo de vice em sua chapa, o que era dado por muitos como fato.

Culpado. Gente ligada a Arnaldo Tirone culpa Roberto Frizzo pelo fato de a negociação com Martinuccio não ter sido concluída. Dizem que ele não participou da transação, mas vazou informações sobre ela, o que causou frisson no mercado.

Trio. É dito que a aproximação de Frizzo com o vice financeiro, Walter Munhoz, irritou aliados de Tirone, como os ex-presidentes Mustafá Contursi, Carlos Facchina e Affonso Della Monica.

Persistentes. Pessoas com trânsito em times ingleses veem como iminente nova investida de clubes do país por Neymar, só que com valores bastante superiores aos já oferecidos. Mas agora não só o Chelsea faria nova proposta, como também o Manchester City, que corre o risco de perder Tevez.

Propaganda negativa. Provocou até ameaças de ações judiciais a faixa de isotônico que obstruía a visão de quem queria assistir a Neymar no Pacaembu anteontem. O problema já ocorrera contra o Once Caldas.

Na água. Em outra ação de marketing, funcionários não conseguiram acertar o alvo ao atirar camisetas de patrocinadores com lançador a pressão de ar. Os brindes pararam na marquise e em locais sem torcida.

Melhoria. Após ter suas condições de uso defendidas pela Secretaria Municipal, o ginásio poliesportivo do Pelezão, na zona oeste de SP, será reformado. A iniciativa será anunciada amanhã, no Fórum Nacional do Esporte. O setor privado construirá sete quadras de tênis.

DIVIDIDA

"Mudar o estatuto em ano de eleição é sempre difícil. No Timão, é uma marcha à ré"
ANTONIO ROQUE CITADINI
conselheiro do Corinthians, sobre a possibilidade de Andres Sanchez tentar se reeleger



Escrito por ribamarbianchini às 12h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Corinthians vai ao mercado por arena

2014
Empresa ouvida pelo clube diz que faz Itaquerão por R$ 600 mi, o preço do projeto, segundo arquiteto

BERNARDO ITRI
EDUARDO OHATA
DO PAINEL FC
MARTÍN FERNANDEZ
DE SÃO PAULO

Uma das empresas convidadas pelo Corinthians para refazer o orçamento do Itaquerão promete construir o estádio por preço muito inferior à última estimativa apresentada pela Odebrecht, que foi de R$ 1,064 bilhão.
A Serpal, construtora do grupo Advento, vai apresentar na próxima semana um orçamento de R$ 600 milhões para construir uma arena com 68 mil lugares, nos padrões da Fifa para a abertura da Copa do Mundo.
Em nota enviada à Folha, a Odebrecht afirma ter fechado com o Corinthians "um acordo para que o clube consultasse outras construtoras, de modo a dar maior transparência ao processo".
Também foram consultadas a Construcap e uma grande empreiteira, que desistiu por não ver como viabilizar financeiramente a obra.
Há duas semanas, numa reunião que teve participação de representantes de Corinthians, Ministério do Esporte, governo estadual e Prefeitura de São Paulo, a Odebrecht apresentou uma estimativa de custo da arena.
O valor, superior a R$ 1 bilhão, não foi aceito, e os órgãos públicos se recusaram a investir diretamente na obra.
O Corinthians, então, passou a atuar em duas frentes para fazer o preço do estádio "voltar" a R$ 650 milhões.
De um lado, Andres Sanchez pediu a ajuda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para pressionar a Odebrecht a reduzir o preço.
Do outro, Luis Paulo Rosenberg, diretor de marketing do clube, procurou concorrentes da empreiteira.
Uma delas foi a Serpal, que trabalha em parceria com o engenheiro Marcelo Tessler.
"O preço é R$ 600 milhões, e pode variar 10% para mais ou para menos", disse à Folha Juan Quirós, dono do grupo Advento. "O clube nos procurou, e não poderíamos recusar ajuda", falou.
Quirós cogita estar sendo usado pelo clube para pressionar a Odebrecht a baixar o preço. "É um risco que eu aceito correr", afirmou. "Não preciso construir sozinho, posso fazer em parceria com a própria Odebrecht."
Quirós acrescentou que seu orçamento fecha com o empréstimo do BNDES e os benefícios oferecidos pela Prefeitura de São Paulo. Ele hesita, porém, em dar garantias de sua empresa ao banco federal para conseguir o empréstimo de R$ 400 milhões. "Os naming rights garantem o empréstimo", argumenta.
Em 2010, a Serpal ofereceu uma proposta de estádio, preterida pelo projeto da Odebrecht. O orçamento atual é feito de acordo com esse projeto, elaborado pelo arquiteto Aníbal Coutinho.
"Fiquei sabendo do valor de R$ 1 bilhão pela imprensa, nunca alguém da Odebrecht me apresentou esse número", disse Coutinho.
"Não tenho nenhuma desconfiança da Odebrecht", acrescentou. "Fiz o projeto dentro da projeção que o Corinthians estabeleceu, de R$ 650 milhões, atendidas as demandas da Fifa para o estádio ter a abertura."
O Corinthians não quis se pronunciar sobre o caso.



Escrito por ribamarbianchini às 11h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Verba da FPF é responsável por superávit no balanço do Palmeiras

Mês de março terminou com alta de quase R$ 800 mil, mas vice financeiro minimiza feito. Pagamento de Federação possibilitou melhora nas contas

Por Diego Ribeiro São Paulo


Arnaldo Tirone presidente Palmeiras (Foto: Carlos Augusto Ferrari / Globoesporte)
Arnaldo Tirone tem como principal meta a redução
de gastos no Palmeiras (Foto: Globoesporte)

O superávit registrado no balancete de março aprovado pelo Palmeiras tem um motivo. Um pagamento realizado pela Federação Paulista de Futebol referente a cota de TV aberta foi contabilizado e produziu os R$ 2,3 milhões de lucro no departamento de futebol. A cota da FPF é referente ao mês de fevereiro, mas só entrou no balanço do mês seguinte. Mesmo assim, a tendência é de melhora nos números do Palmeiras ao longo do ano. Para abril, um pequeno déficit deve ser registrado.

- Estamos tentando reduzir as despesas e trazer alguns patrocínios, mas a razão principal pela alta é mesmo o pagamento da Federação Paulista do mês de fevereiro. Sem esse pagamento extra, as contas teriam se equilibrado, talvez com um pequeno déficit – afirmou o vice-presidente financeiro Walter Munhoz.

Em busca de equilíbrio nas contas, o Palmeiras tem conseguido melhorar gradativamente seus números no início da gestão Arnaldo Tirone, que tem como principal pilar a contenção de gastos – inclusive no futebol, gerenciado por Roberto Frizzo. O vice financeiro acredita que o clube precisa de novas receitas para se garantir. Além disso, o acerto de dívidas antigas está sendo feito.

- Estamos tento uma melhora gradativa. Reduzimos o déficit que era de mais de R$ 5 milhões para apenas R$ 2 milhões em fevereiro. Agora, tivemos esse superávit devido à receita extra. Aos poucos, vamos buscando novas receitas com patrocínios e negociando dívidas antigas da melhor maneira possível, como é o caso do BMG – lembrou Walter Munhoz.

O Palmeiras deve cerca de R$ 30 milhões ao banco, mas vai abater parte do valor com o patrocínio do BMG estampado no uniforme. Aos poucos, a gestão Tirone tenta se organizar para otimizar os gastos no futebol. Contratações só virão se não forem onerosas aos cofres alviverdes. Martinuccio, do Peñarol-URU, e Henrique, do Racing Santander-ESP, são os mais próximos de reforçar o time. O primeiro deve chegar por US$ 500 mil (R$ 800 mil) com 20% de seus direitos econômicos pertencentes ao Palmeiras. O segundo pode vir com ajuda de um investidor - no caso, a Traffic.



Escrito por ribamarbianchini às 11h57
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Muricy muda o time e testa nova formação antes de jogo com Botafogo

Treinador saca Maikon Leite e Roger para as entradas de Tiago Alves e Pará

Por GLOBOESPORTE.COM Santos


No último treino antes da partida deste sábado, às 18h30m (horário de Brasília), contra o Botafogo, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, Muricy Ramalho testou uma nova equipe. Do treino de quinta-feira para o da manhã desta sexta, o treinador promoveu duas alterações.

Na vaga de Maikon Leite, que voltou de lesão contra o Once Caldas, na quarta-feira, Muricy optou pela entrada de Tiago Alves, que já havia atuado na estreia do Brasileirão contra o Internacional. No meio-campo, nova mudança: Roger saiu para dar vaga a Pará.

Com as novas peças, o técnico fez um treino de posicionamento e testou o sistema defensivo com jogadas de bola parada, em várias posições próximas à área.

O time titular foi formado por: Aranha, Bruno Aguiar, Bruno Rodrigo e Vinícius; Pará, Charles, Possebon, Alan Patrick e Alex Sandro; Keirrison, Tiago Alves.

Confira os atletas relacionados:

Goleiros: Aranha e Vladmir
Laterais: Alex Sandro
Zagueiros: Bruno Rodrigo, Rafael Caldeira, Bruno Aguiar e Vinicius
Meias: Pará, Alan Patrick, Charles, Felipe Anderson, Alisson e Possebon
Atacantes: Keirrison, Richely, Roger, Maikon Leite e Tiago



Escrito por ribamarbianchini às 11h54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Carpegiani volta a usar Fernandinho na frente, e Ceni fará teste nesta sexta

Camisa 12 ocupou a vaga que havia ficado com Marlos na quarta. Já goleiro, que torceu o tornozelo contra o Fluminense, quer enfrentar o Figueirense

Por Marcelo Prado São Paulo

Ainda indeciso em relação ao ataque, o técnico Paulo César Carpegiani comandou mais um coletivo nesta quinta-feira. Na terça, Fernandinho fez dupla de ataque com Dagoberto. Na quarta, Marlos ganhou uma oportunidade ao lado do camisa 25. No treino desta tarde, Fernandinho voltou a figurar no time de cima.

Fernandinho no treino do São Paulo (Foto: Luiz Pires / VIPCOMM)
Fernandinho pode formar dupla de ataque com Dagoberto no São Paulo (Foto: Luiz Pires / VIPCOMM)

O restante do time foi o mesmo que havia treinado no dia anterior, no esquema 4-4-2. Rhodolfo, totalmente recuperado da lesão que sofreu na panturrilha esquerda, formou dupla de zaga com Xandão. No meio-campo, três volantes: Casemiro, Carlinhos Paraíba e Wellington. Lucas jogou mais solto na armação, aberto pela direita, com Fernandinho aberto pela esquerda e Dagoberto mais centralizado, funcionando como uma referência ofensiva.

Na parte final do treinamento, Carpegiani fez algumas alterações. Dagoberto deixou o gramado para a entrada de Rivaldo, que entrou no meio-campo. Com isso, Lucas foi adiantado para o ataque. Depois, Wellington cedeu sua vaga a William José. O time, então, passou a ter dois volantes e dois meias no setor. A última troca colocou o garoto Rodrigo Caio na vaga de Casemiro. O coletivo terminou com a vitória dos titulares por 2 a 0, gols de Fernandinho e Casemiro.

Nesta sexta-feira, o time fará o último treino antes do jogo contra o Figueirense, marcado para sábado, no estádio do Morumbi. A tendência é que o time que iniciou o treino desta quinta seja a utilizada tambem na partida. A dúvida segue no gol, em que Rogério Ceni, que torceu o tornozelo esquerdo contra o Fluminense, fará um teste no gramado para ver se terá condições de jogo.



Escrito por ribamarbianchini às 11h53
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Sem férias, Liedson entra no 'plano Ronaldo' para escapar das lesões

Artilheiro alvinegro admite cuidados com o desgaste físico e tenta se poupar
nos treinamentos para conseguir jogar até o encerramento do Brasileirão

Por Carlos Augusto Ferrari São Paulo


liedson corinthians gol grêmio chuteira (Foto: Edu Andrade / Agência Estado)
Liedson em ação contra o Grêmio
(Foto: Edu Andrade / Agência Estado)

Enquanto não tem Emerson e Adriano à disposição, o Corinthians quer todo o cuidado possível para não perder seu principal jogador. Peça-chave no esquema do técnico Tite, o artilheiro Liedson vem recebendo uma atenção especial dos médicos para não ter lesões e desfalcar a equipe no Campeonato Brasileiro.

Os 33 anos não são problemas neste momento. A dificuldade enfrentada pelo Levezinho é com o excesso de jogos. Ele está em atividade desde agosto do ano passado, quando ainda defendia o Sporting-POR. Como foi contratado pelo Timão em fevereiro, o único período de descanso do atleta aconteceu em dezembro.

- Já são mais de oito meses jogando direto. O Corinthians sabe disso. Estou tendo cuidado nos treinamentos. No jogo não faz diferença. Por enquanto, é apenas de domingo a domingo. Tenho a semana inteira para trabalhar. Vamos ter esse cuidado para não acontecer nenhum tipo de lesão – afirmou o atacante, que pode superar a marca dos 80 jogos desde meados de 2010 até o fim do Brasileirão.

A preocupação aumentará a partir do fim de julho, período que Campeonato Brasileiro começará a ter jogos nos meios e nos finais de semanas. Até lá, o técnico Tite ganhará o atacante Emerson Sheik como opção para o setor ofensivo. Mesmo assim, as alternativas continuam escassas – as outras são Willian e o garoto Elias Oliveira.

- Estou fazendo um trabalho e tentando me recuperar ao máximo para chegar dezembro inteiro. São mais seis meses pela frente. Tenho que tomar cuidado para não ter lesão – ressaltou o Levezinho, artilheiro corintiano em 2011, com 12 gols em 17 partidas.

O corpo clínico e a comissão técnica do Corinthians, aliás, adotaram uma estratégia semelhante ao que faziam com Ronaldo. O Fenômeno era poupado de algumas atividades físicas mais intensas para poder jogar. Mesmo assim, ainda teve de conviver com várias lesões que o privaram de partidas importantes, sobretudo a partir do segundo semestre de 2009.

Com Liedson, o cuidado está no pós-jogo. De acordo com o preparador físico Eduardo Silva, o Levezinho demora um dia a mais para se recuperar das partidas em comparação com os outros membros do elenco. Com isso, praticamente não participa de atividades de explosão física No entanto, frequentemente reclama de dores no joelho esquerdo.

Tite ainda não fala no assunto, mas a comissão técnica não descarta poupar Liedson de alguns jogos do Brasileirão. Isso, porém, só acontecerá quando o treinador contar com Adriano, único no elenco que pode fazer a mesma função do atual camisa 9. O Imperador, em fase de recuperação pela cirurgia no tendão do pé esquerdo, voltará a trabalhar com bola somente em setembro.



Escrito por ribamarbianchini às 10h07
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Edenílson é inscrito e deve ficar no banco de reservas contra o Coritiba

Volante, contratado do Caxias, teve o nome relacionado no BID desta quarta

Por GLOBOESPORTE.COM São Paulo

Edenílson é apresentado no Corinthians (Foto: Carlos Augusto Ferrari / GLOBOESPORTE.COM)
Edenílson é apresentado no Corinthians
(Carlos Augusto Ferrari / GLOBOESPORTE.COM)

O Corinthians ganhou um reforço para enfrentar o Coritiba, domingo, às 16h, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara-SP, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O volante Edenílson teve a documentação regularizada na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e poderá estrear no fim de semana.

O nome do jogador foi relacionado no Boletim Informativo Diário (BID) da entidade nesta quarta-feira. Assim, ele fica à disposição do técnico Tite. A tendência é que seja relacionado para o banco de reservas, já que o treinador não conta com muitas opções para o setor.

Além dos titulares Ralf e Paulinho, o técnico tem no elenco Moradei e Nenê Bonilha, pouco aproveitados até agora. Ramírez, outro que chegou a fazer a função de segundo volante, foi convocado para a seleção peruana e não enfrenta Coritiba e Flamengo.

Edenílson, de 21 anos, se destacou no Campeonato Gaúcho deste ano atuando pelo Caxias. O jogador, que também estava na mira do Internacional, se apresentou ao Corinthians na semana passada e assinou contrato até o dia 31 de dezembro de 2014.



Escrito por ribamarbianchini às 10h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Painel FC

EDUARDO OHATA e BERNARDO ITRI painelfc.folha@uol.com.br

Condição

Ao mesmo tempo em que deu o aval à Odebrecht para instalar o canteiro de obras para a construção do Itaquerão, a Prefeitura de São Paulo impôs pena à construtora caso não cumpra o prazo. Segundo a autorização, se não concluir as obras do estádio até dezembro de 2013, a Odebrecht terá de devolver o terreno à prefeitura "sem direito a retenção ou indenização a qualquer título pelas benfeitorias executadas".



Adiantou. Com o vazamento da imagem da terceira camisa do Corinthians (vermelha, com um São Jorge estampado), a Nike antecipou as vendas da peça, que começa a ser comercializada amanhã. O time deve estrear o uniforme no próximo jogo, contra o Coritiba, domingo.

Forcinha. O ex-presidente do Santos Marcelo Teixeira embarcou para a Suíça para participar de reunião da Comissão Organizadora do Mundial de Clubes da Fifa. O cartola está otimista com a possibilidade de ver a equipe disputar o torneio no Japão, se vencer a Libertadores.

Merengue... O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, enviará nos próximos dias uma carta-convite ao Real Madrid formalizando proposta para que a equipe espanhola treine e faça amistosos no Estado durante 23 dias da pré-temporada, entre julho e agosto.

...do Nordeste. Campos oferecerá infraestrutura de segurança e logística ao Real Madrid, que acena com a possibilidade de arrastar até 40 mil torcedores para o Brasil durante esse período.

Virada... A segunda instância da Justiça Federal do Rio de Janeiro aceitou apelação do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, e mudou a decisão que o condenava pelo "voo da muamba", em que equipamentos foram trazidos ao Brasil no avião da seleção campeã da Copa-94.

...de jogo. Pela decisão, o cartola recupera os direitos de se eleger, de assinar contratos com o governo e de receber dinheiro público.

Exceção. A oposição palmeirense tem elogiado a atitude do conselheiro Sérgio Moyses, único membro do Conselho de Orientação e Fiscalização a reprovar os balancetes do clube referentes ao período entre fevereiro e abril deste ano, apresentados na segunda-feira.

Em time que ganha... A equipe de basquete de Brasília, campeã do NBB (Novo Basquete Brasil), anunciou que renovou por mais dois anos o contrato dos três jogadores de seleção que estão em seu elenco: o armador Nezinho e os alas Alex e Guilherme Giovannoni.


Colaboraram DANIEL BRITO, de São Paulo, e FABIO GUIBU, de Recife

DIVIDIDA

"É uma pena que a gente tenha tido o Juvenal como aliado e não o Andres"


ALEXANDRE KALIL
presidente do Atlético-MG, após ver foto do são-paulino com Marcelo Campos Pinto



Escrito por ribamarbianchini às 10h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




JUCA KFOURI

A arte em jogo


Neste sábado se decide um título em Wembley, não um estilo e muito menos o melhor time



DESDE 1966, quando o futebol-força da Inglaterra ganhou sua primeira e única Copa do Mundo, num torneio em que as arbitragens foram despudoramente generosas com os anfitriões, ouço dizer que ali inaugurou-se um novo jeito de jogar futebol.
O que não foi verdade nem ali nem na Copa seguinte, quando o futebol-arte do Brasil retomou a hegemonia do futebol mundial.
Quatro anos depois, a Laranja Mecânica holandesa era tão encantadora que não deveria deixar dúvida sobre que estilo de jogo é melhor, mas o competente, pragmático, forte e competitivo futebol alemão levou a melhor.
Em 1978, na Argentina, embora o time da casa fosse bom, e a Holanda, sem Cruyff, menos brilhante, o triunfo foi mesmo dos generais, numa Copa para se esquecer pelo clima pesado com cheiro de sangue e gritos de tortura, obra de João Havelange.
Mas veio 1982, e a derrota brasileira decretou definitivamente, para muitos, que o romantismo tinha acabado, prejuízo do qual jamais o futebol se recuperaria. Desnecessário apontar o novo exagero.
E, daquela Copa no demolido Sarriá, dá-se aqui um salto de quase 30 anos para o novo Wembley, onde, sábado, Barcelona e Manchester United decidem a Copa dos Campeões da Europa.
Nenhum resultado será surpreendente, e a vitória inglesa é tão possível como a espanhola, embora se jogarem dez vezes entre si pelo menos em seis oportunidades os catalães vencerão, talvez perdendo duas vezes.
Mestre Tostão já tratou adequadamente dos porquês -ele que também gosta de boa prosa e poesia e indica com sabedoria a recente, e excelente, obra de José Paulo Cavalcanti Filho, "Fernando Pessoa: uma (Quase) Biografia", pela Record.
Em resumo, para nós, "tudo vale a pena se a alma não é pequena", como são grandes as de Andrés Iniesta, Xavi e Lionel Andrés Messi!
Sim, trata-se de uma questão ideológica.

OURO DE PEQUIM
Que os chineses já chegaram não é novidade para ninguém. E que estão investindo pesado no Brasil também é sabido.
O que se guarda ainda com recato é que o PC do B, que um dia seguiu a linha chinesa para depois enamorar-se pela albanesa e hoje joga o jogo do pragmatismo cínico, é uma das portas de entrada do ouro amarelo.
O que explica do novo Código Florestal ao aparelhamento do esporte nacional.

blogdojuca@uol.com.br



Escrito por ribamarbianchini às 10h02
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Kleber torce por retorno de Henrique e se informa sobre Martinuccio

Gladiador analisa prováveis reforços do Palmeiras, e espera mais nomes de peso para fortalecer o elenco no Brasileirão. Ele reconhece carências

Por Diego Ribeiro São Paulo


Martinuccio peñarol  (Foto: agência AP)
Martinuccio é novidade para Kleber, que observa
seus jogos na Libertadores (Foto: agência AP)

O acerto verbal com Martinuccio, do Peñarol-URU, e a possível chegada de Henrique, atualmente no Racing Santander-ESP, animam o atacante Kleber para a sequência da temporada no Palmeiras. Por isso, o Gladiador trata de se informar sobre a situação dos reforços e espera que eles cheguem logo para reforçar o elenco alviverde na disputa do Campeonato Brasileiro. Reconhecendo a necessidade do grupo por mais peças, o atacante aguarda pelas definições da diretoria, e enquanto isso assiste aos lances dos prováveis futuros companheiros.

- Vi alguns lances do Martinuccio depois que começaram a falar dele, temos visto algo da Libertadores. É um jogador muito habilidoso e rápido e pode nos ajudar muito. Quanto ao Henrique, estive com ele em 2008, conquistamos o título paulista e ele saiu para o Barcelona. Só aí você já vê a qualidade do jogador. Espero que ele esteja na mesma forma daquela época, é um excelente zagueiro – analisou Kleber.

Martinuccio está praticamente fechado com o Verdão. O Palmeiras acertou a compra de 20% dos direitos econômicos do atacante junto a empresários argentinos, donos do jogador, por US$ 500 mil (R$ 800 mil). O contrato dele com o clube uruguaio termina em agosto, mas ele já manifestou o desejo de deixar o clube antes disso. Ele deve chegar ao fim de participação do Peñarol na Taça Libertadores – nesta quinta, a equipe fez a primeira partida da semifinal contra o Velez Sarsfield-ARG. O contrato já está pronto e foi enviado ao Uruguai para que o atacante assine.

Precisamos de jogadores, pois nosso elenco é reduzido"
Kleber

A situação de Henrique é um pouco mais complicada. O Barcelona só aceita negociá-lo em definitivo, e por um valor mínimo de cerca de 4 milhões de euros (R$ 9,2 milhões). A multa rescisória é de 8,5 milhões de euros (cerca de R$ 19,5 milhões). O Palmeiras só poderá trazê-lo com a ajuda de parceiros, e a Traffic é a principal candidata a viabilizar a contratação. Kleber fica na torcida.

- Acho que precisamos de algumas peças, temos Valdivia e Lincoln machucados, perdemos o Patrik agora... São três jogadores de uma posição que hoje temos carência. Precisamos de alguns jogadores, pois nosso elenco é reduzido – atestou o Gladiador.

Com uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda, Valdivia ainda não tem previsão de volta e retoma os trabalhos físicos na próxima semana. Com um problema no adutor da coxa esquerda, Lincoln tem recuperação mais rápida e pode figurar nos treinos com bola nos próximos dias. Recuperando-se de uma conjuntivite, Patrik é esperado para o treino desta quinta, na Academia de Futebol. A princípio, ele não é problema para o duelo contra o Cruzeiro, domingo, às 16h (de Brasília), em Sete Lagoas.



Escrito por ribamarbianchini às 10h02
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Presidente santista promete ‘incerta no CT’ para falar com Ganso

Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro afirma que tentará mais uma vez convencer o atleta a aceitar proposta alvinegra

Por Adilson Barros e Julyana Travaglia São Paulo


Paulo henrique ganso santos treino (Foto: Ricardo Saibun / Site Oficial do Santos)
Ganso vai receber visita surpresa do presidente
(Foto: Ricardo Saibun / Site Oficial do Santos)

A novela sobre a renovação de contrato Paulo Henrique Ganso e Santos deve ganhar mais um capítulo ainda esta semana. No intervalo da partida com o Cerro Porteño, no Pacaembu, o presidente Luiz Álvaro de Oliveira Ribeiro revelou que pretende conversar com o meia novamente sobre o assunto.

- Não tem mais o que oferecer, fizemos a melhor proposta para ele. Mas vou dar uma incerta no CT essa semana para conversarmos – disse o mandatário alvinegro.

Santos e Ganso conversam desde agosto passado sobre um novo contrato. O atual vale até fevereiro de 2015, mas o atleta reivindica algumas mudanças, como a diminuição no valor da multa rescisória para clubes do exterior, fixada em aproximadamente R$114 milhões.

A proposta apresentada pelo Santos é similar a feita para Neymar no ano passado - um plano de carreira e aumento salarial, mas nada de alteração no valor da multa. Enquanto espera uma resposta, o Santos acompanha à distância as especulações sobre um possível acerto de Ganso com o Corinthians. O time do Parque São Jorge serviria como um trampolim para a Europa.

O presidente santista disse que não tem mais o que apresentar ao jogador de novidade. Ele também não acredita que o Peixe corre o risco de perder o jogador para o rival alvinegro, pois confia que Andrés Sanches não assediará seu atleta. Por fim, o mandatário santista afirmou que tem uma carta na manga para convencer o atleta de 22 anos.

- Vai ser surpresa. E espero que ele se surpreenda também.



Escrito por ribamarbianchini às 09h58
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Após 143 jogos e 12 gols, Alex Silva não jogará mais pelo São Paulo

Zagueiro está liberado para conversar com o Hamburgo e tentar negociar ida para outra equipe. Contrato segue em vigor, mas atleta não será usado

Por Marcelo Prado São Paulo


Alex Silva ficou fez tratamento no Reffis nesta terça-feira (Foto: Luiz Pires / VIPCOMM)
Alex Silva não atua mais com a camisa tricolor
(Foto: Luiz Pires / VIPCOMM)

Alex Silva não joga mais pelo São Paulo. Nesta quarta-feira, o clube paulista decidiu liberar o jogador para resolver seu futuro e não utilizará mais o atleta em partidas pelo Tricolor. O contrato de empréstimo do zagueiro termina no dia 31 de julho e só não foi rescindido porque São Paulo e Hamburgo - dono dos direitos federativos do jogador - ainda precisam discutir alguns detalhes contratuais. Ainda nesta semana, o camisa 3 viajará para a Alemanha para resolver a sua situação.

O São Paulo divulgou uma nota oficial informando apenas a liberação do atleta para resolver o futuro com o Hamburgo, sem dar mais detalhes sobre a não utilização do zagueiro.

Anteriormente, o São Paulo chegou até a anunciar que compraria o jogador em definitivo, mas não levou a ideia adiante por alegar falta de recursos. Mas a verdade é que Alex Silva desagradou a cúpula por algumas atitudes, como críticas públicas ao presidente Juvenal Juvêncio e diretores. Nesta quarta, o jogador reuniu-se com o diretor de futebol, Adalberto Baptista e pediu para ser liberado, o que foi prontamente aceito.

O clube alemão, em dificuldades financeiras, tem interesse em negociar Alex em definitivo com outra equipe. Santos e Corinthians já demonstraram interesse no zagueiro, que fez 143 jogos com a camisa do São Paulo e marcou 12 gols.O Sporting (POR) também quer o atleta.



Escrito por ribamarbianchini às 09h54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PAINEL FC

EDUARDO OHATA E BERNARDO ITRI - painelfc.folha@uol.com.br

Solução

Após ver o custo da reforma da Arena da Baixada aumentar de R$ 135 milhões para R$ 220 mi por conta das exigências da Fifa, o Atlético-PR cogita realizar uma parceria com alguma empreiteira que banque a diferença do orçamento original -clube, prefeitura e governo do Paraná já se recusaram a pagar a quantia. O projeto da reforma já foi até mostrado para a OAS, e o mesmo deverá ser feito com outras empresas.



Problema. Ainda não foram definidos, porém, os moldes da parceria. O clube poderá precisar conceder parte das receitas do estádio para a empreiteira, por exemplo. Também há a expectativa no Atlético-PR de que a Fifa reduza as exigências, e o orçamento diminua.

Então quem foi? Envolvidos na organização da Copa em SP ironizam o fato de a Odebrecht ter dito que nunca trabalhou com custo de R$ 1,07 bi. Falam que, se não fosse a construtora, ninguém mais poderia ter levantado um orçamento desses.

Ok. A coordenação das subprefeituras de São Paulo autorizou a instalação do canteiro de obras do estádio corintiano, em Itaquera. A portaria que permite o início da construção seria publicada hoje no "Diário Oficial".

Decisão. O Conselho Deliberativo do Flamengo marcou para a próxima segunda--feira a reunião para discutir o contrato do clube com a Globo. Embora a presidente Patrícia Amorim já tenha assinado com a emissora, o acordo só valerá após a aprovação do conselho do clube.

Autoavaliação Apesar das polêmicas em que se envolveu nas últimas semanas com jogadores e com a Arena Palestra, Arnaldo Tirone, que está há cerca de quatro meses na presidência do Palmeiras, dá nota "7 ou 8" para seu mandato até agora.

Exceções. "Tirando o problema que falei sobre o Valdivia e o desastre dos 6 a 0 contra o Coritiba, acho que tenho ido bem. Estamos acertando os pagamentos", argumenta Tirone.

Empurrãozinho. O movimento LiveWright, que reúne grandes empresas patrocinadoras do esporte, lançou ontem em São Paulo os projetos para captar verbas via lei de incentivo. A promessa do grupo é que as primeiras modalidades contempladas serão lutas, canoagem, ciclismo e ginástica.

Veia. Ciclismo e atletismo devem ser as primeiras modalidades a terem exames de sangue no controle antidoping neste ano, segundo o médico Eduardo de Rose, da área de doping do COB (Comitê Olímpico Brasileiro).


Colaboraram DANIEL BRITO e MARIANA BASTOS, de São Paulo

DIVIDIDA

"É inadmissível que uma sede cresça em detrimento das outras"
NEY CAMPELLO
da Secopa da BA, rebatendo críticas de BH às outras candidatas à abertura da Copa-14



Escrito por ribamarbianchini às 10h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




41 dias

Santos revive duelo que deu pontapé para sua recuperação rumo à semifinal da Libertadores LEONARDO LOURENÇO
ENVIADO ESPECIAL A SANTOS

São 41 dias desde a última vez que Santos e Cerro Porteño se encontraram, em Assunção, na penúltima rodada da fase de grupos da Libertadores da América.
O placar de 2 a 1 no Paraguai manteve o Santos vivo no torneio quando a eliminação era mais palpável que a classificação. A partida se tornou o marco da recuperação santista no ano, após um início de temporada trôpego.
Hoje, as duas equipes se reencontram no Pacaembu às 21h50 para a primeira partida das semifinais da Libertadores. E com o Santos em posição mais confortável.
"Aquele foi nosso divisor de águas", afirmou o meia Danilo, autor do primeiro gol santista em Assunção. "A partir dali, iniciamos nossa sequência de vitórias."
Daquele jogo, em 14 de abril, em diante, o Santos não perdeu mais. Na Libertadores, derrubou América- -MEX e Once Caldas para alcançar as semifinais. No Paulista, bateu Ponte Preta, São Paulo e Corinthians para ser bicampeão estadual.
Uma derrota teria sido desastrosa, já que eliminaria a equipe que investiu pesado para conquistar o maior objetivo dos clubes brasileiros no primeiro semestre.
Era só o segundo jogo de Muricy Ramalho no banco santista, e o time foi a Assunção com problemas sérios.
Suspensos, Neymar e Elano, maiores salários do elenco -recebem cerca de R$ 500 mil cada um-, nem viajaram. Assim como Zé Love.
Mas Danilo e Maikon Leite marcaram os dois gols que deram a vitória e o fôlego necessário para a competição. "A arrancada começou lá", reconheceu o goleiro Rafael.
"Mas agora é outra história", enfatizou o técnico Muricy, que conta com a confiança adquirida pelo time no intervalo entre os confrontos.
"Nós mudamos muito, jogamos bem melhor", disse.
Ele, porém, lembra que o Cerro Porteño também ganhou moral na reta final da Libertadores. Chegou aos mata-matas em virada heroica sobre o Colo-Colo, no Chile, por 3 a 2, após assistir ao adversário abrir 2 a 0.
Depois, derrubou o Estudiantes, tetracampeão continental, e o Jaguares.
"Eles têm uma equipe muito boa, que cresceu no decorrer do campeonato", avisou o atacante Neymar.
"Temos que ficar atentos à bola parada, porque eles trabalham isso muito bem", completou Muricy.
"Aqueles dois jogos [da fase de grupos] a gente pode tomar como um parâmetro, mas agora é diferente, é semifinal", falou Rafael.
A série invicta e de recuperação do Santos teve início com a chegada de Muricy, mas o técnico prefere fugir dos holofotes sobre si.
"Acho que o time é dos artistas, dos jogadores", falou. "Prefiro que falem dos atletas, não gosto de ficar aparecendo. Quanto mais discreto o técnico, melhor. São os jogadores que fazem a diferença", disse o comandante.

NA TV
Santos x Cerro Porteño
21h50 Globo (para SP), Bandsports e Sportv 2



Escrito por ribamarbianchini às 10h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




COPA DO BRASIL

Emergentes lutam por sua primeira Libertadores

Campeonato é inédito para Avaí e Ceará COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Um mantra moderno do futebol diz que "a Copa do Brasil é o caminho mais curto para a Libertadores".
Essa frase deve estar habitando a mente dos jogadores de Avaí e Ceará, times que nunca jogaram a competição continental e têm a chance hoje de abrir caminho para tentar mudar a escrita.
Eles enfrentam às 21h50, respectivamente, Vasco e Coritiba pela semifinal da Copa do Brasil. Se vencerem, lutarão pelo título e por uma vaga na Libertadores.
Vasco e Coritiba já têm história no torneio continental.
Os paranaenses já estiveram duas vezes na Libertadores. Na última, em 2004, o clube foi eliminado ainda na fase de grupos. Já o time de Rio, com sete participações, foi campeão em 1998.
Mas, hoje, os vascaínos é que entram em desvantagem no duelo contra o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis (com Globo, menos para SP, Band, ESPN e Sportv). Os dois ficaram no 1 a 1 em São Januário. Portanto, um simples empate sem gols fará os catarinenses avançarem.
Do outro lado, o Coritiba terá o apoio da torcida no Couto Pereira (com ESPN Brasil). Como o primeiro jogo ficou no 0 a 0, igualdade com gols beneficia o time de Fortaleza. Nos dois duelos, quem vencer chegará à final.



Escrito por ribamarbianchini às 10h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




SP lidera gasto inflado do Mundial

2014
Previsão de verba pública cresce 61% e passa de R$ 5 bilhões


SÉRGIO RANGEL
DO RIO

São Paulo puxou o estouro dos gastos de dinheiro público com a Copa-2014. A conta da cidade subiu de R$ 3,41 bilhões para R$ 5,49 bilhões. O crescimento é de 61%.
Já o orçamento total de investimento governamental na organização aumentou num ritmo menor: de R$ 17,17 bilhões para R$ 23,35 bilhões, ou 36%.
Os dados fazem parte do último trabalho do TCU (Tribunal de Contas da União) sobre o Mundial, publicado na semana passada.
Mesmo com a recusa do governo de São Paulo em liberar dinheiro para a construção do estádio do Corinthians, uma série de obras no Estado será financiada basicamente com verba pública.
De acordo com as matrizes de responsabilidades do Mundial, compiladas pelo Ministério do Esporte e incluídas no estudo do TCU, somente R$ 90 milhões virão da iniciativa privada na cidade mais rica do país.
O restante da verba, cerca de R$ 5,4 bilhões, deverá sair dos cofres públicos (estadual, federal e municipal).
A comparação feita pelo TCU leva em consideração dados de maio do ano passado e de fevereiro deste ano.
O gasto na organização da Copa em São Paulo é R$ 2 bilhões mais alto do que o do Rio, que está em segundo lugar no ranking. Palco da final do Mundial, vai gastar R$ 3,21 bilhões em obras para realizar o evento da Fifa.
A conta mais cara prevista para São Paulo é a reforma e a ampliação dos aeroportos de Guarulhos e de Campinas. De acordo com TCU, R$ 1,96 bilhão está contabilizado na rubrica Infraero.
Já o governo estadual vai investir R$ 1,5 bilhão no Mundial. A maior parte será aplicada em mobilidade urbana. O município, por sua vez, vai gastar R$ 334 milhões no evento de futebol.
Apesar das cifras bilionárias, os custos com a Copa deverão crescer ainda mais.
Na planilha do Ministério do Esporte, o Itaquerão, arena do Corinthians, sairia por R$ 490 milhões -metade do anunciado pela Odebrecht na semana passada.
Segundo a construtora, a arena deve ser erguida por R$ 1,07 bilhão. O estádio será o mais caro do Mundial.



Escrito por ribamarbianchini às 10h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




FIFA

Clubes criticam Blatter por tentar cota de estrangeiros

DE SÃO PAULO - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, tentará aprovar uma cota para jogadores estrangeiros em clubes de futebol. A ideia será apresentada no congresso em que ele disputará a reeleição contra Mohamed Bin Hammam, em 1º de junho, na Suíça.
A informação foi levantada pelo presidente do Associação de Clubes da Europa, Karl-Heinz Rummenigge. Segundo ele, a Fifa tentará estabelecer cota obrigatória de nove jogadores -entre os 18 atletas do time em campo e no banco- que tenham sido treinados no país do clube até os 18 anos.
"A Fifa não faz nada para os clubes. Está claro que só fazem para federações para convencê-los a seguir Blatter", disse.
Em compensação, a Fifpro, sindicato dos jogadores, fez críticas a Bin Hammam e elogios à gestão de Blatter.



Escrito por ribamarbianchini às 10h28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




TOSTÃO

Competitivo e banal


Neste sábado, vamos conhecer o campeão da Europa. O melhor time, eu já sei, é o Barcelona


HOJE, O SANTOS deve ter dificuldades para vencer o Cerro Porteño. Muricy Ramalho precisa criar opções de ataque. O time não pode depender tanto de Neymar.
Mudo de assunto.
Jogar de contra-ataque não significa, necessariamente, formar uma retranca. Sempre que a bola é recuperada, inicia-se o contragolpe. A equipe que toma a bola mais à frente é ofensiva e contra-ataca bastante.
Paulo César Carpegiani mostrou, contra o Fluminense, que sabe armar um time para jogar de contra-ataque e na defesa, com oito jogadores bem posicionados, marcando no próprio campo. Qualquer bom técnico sabe fazer isso, ainda mais quando tem dois atacantes rápidos e hábeis, como Dagoberto e Lucas. Dagoberto evoluiu bastante e aprendeu a finalizar. Lucas é um atacante. Não é jogador de meio-campo.
Mas Carpegiani não quer só isso. É um treinador inquieto, que gosta de futebol bonito e de criar variações. O que deveria ser virtude passa a ser deficiência quando não se consegue vitórias. O lugar- -comum conspira contra o treinador. O futebol, espelho da sociedade, só pensa em resultados. É o mundo competitivo e banal.
O Barcelona, por conseguir unir eficiência com beleza e qualidade, passou a ser símbolo da resistência contra o senso comum. O time catalão possui as principais virtudes dos grandes times do passado e do presente. Mas não foi fácil chegar a esse ponto. Os operatórios são cada dia mais numerosos.
O Barcelona é a única equipe do mundo que costuma marcar por pressão na maior parte do tempo, que atua com apenas um volante (Busquets), que não faz lançamentos longos nem cruzamentos para a área, para se livrar da bola e contar com a sorte, e que, em qualquer estádio, gosta de ficar com a bola. Por isso e por tomá-la com facilidade, tem, em todas as partidas, desde maio de 2008, maior posse de bola que o adversário.
Já o Manchester United, além de ter ótimos jogadores, é o maior representante do futebol equilibrado, organizado e regular. Raramente erra e perde. Mas é um time comum. Faz o que outros grandes fazem. A diferença está em executar melhor o que foi planejado.
Não será surpresa se o Manchester for campeão da Europa. Não será por um jogo que vou mudar meus conceitos. Se o Barcelona vencer, o que é mais provável, quem sabe surjam outros técnicos preocupados não somente com a vitória, mas também com a qualidade e a beleza do espetáculo.



Escrito por ribamarbianchini às 10h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Timão quer abrir licitação por estádio e Odebrecht corre para iniciar a obra

Diretoria do Corinthians já está em contato com outras empresas interessadas na construção do Fielzão. Clube quer redução do orçamento

Por Carlos Augusto Ferrari e Leandro Canônico São Paulo


Estádio Corinthians Fielzão (Foto: Divulgação )
Orçamento atual está em R$ 1 bi (Foto: Divulgação)

Pressionada pelo fato de o Corinthians estar atrás de outras empresas para a construção do seu estádio, a Odebrecht tenta acelerar ao máximo o início das obras do estádio do Timão, em Itaquera. Assim, a construtora poderia renegociar o orçamento com o clube mais tranquilamente. Mas o Alvinegro não quer isso.

Insatisfeito com o valor de R$ 1 bilhão passado pela Odebrecht depois de adequar o projeto às exigências da Fifa, o Timão começou a consultar outras empresas e ameaça abrir licitação. Até agora, apenas o contrato de terraplanagem já foi assinado e iniciado pela Odebrecht no terreno da zona leste.

Corinthians e Odebrecht têm um acordo firmado desde o final de agosto do ano passado para a construção do estádio. Mas de lá para cá, o local virou o principal candidato para abertura da Copa do Mundo de 2014. E o orçamento para 70 mil lugares passou de R$ 700 milhões para R$ 1 bilhão.

O presidente do Timão, Andrés Sanches, no entanto, não quer fazer uma obra tão cara. Acha possível adequar o projeto às exigências da Fifa e manter a previsão em R$ 700 milhões. Como ele mesmo disse, não pode passar de R$ 10 mil o assento.

- Essa obra não vai custar R$ 1 bilhão. Nós vamos manter o orçamento de R$ 10 mil por assento. Não tem como mudar – disse Sanches, no último sábado.

Os nomes das construtoras que o Corinthians está ouvindo por fora são mantidos em sigilo. E a pressão do clube na Odebrecht está grande. Mas pode ser que ainda esta semana a construtora abaixe o custo e entre em acordo com o Timão.



Escrito por ribamarbianchini às 11h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Danilo ressurge no Brasileirão e tenta recuperar o fôlego no Corinthians

Meia entra no segundo tempo da vitória sobre o Grêmio e vai bem. Ainda sem Alex, Tite diz que vai avaliar uma nova chance ao jogador

Por Leandro Canônico São Paulo

danilo corinthians x são bernardo (Foto: Gustavo Tilio/Globoesporte.com)
Danilo busca espaço no time comandado por Tite
(Foto: Gustavo Tilio/Globoesporte.com)

É verdade que Chicão e Liedson fizeram os gols do Corinthians na virada por 2 a 1 sobre o Grêmio, domingo, em Porto Alegre. Mas um jogador que saiu do banco de reservas mudou a postura do meio de campo do Timão e deu mais mobilidade ao setor. Era o que Danilo precisava para ganhar sobrevida no elenco alvinegro.

- Ainda é cedo para dizer se ele vai ser titular ou não. Mas vamos avaliar durante a semana – resumiu o treinador Tite.

Contratado no começo do ano passado, o meia ainda não engrenou. Oscilou entre o time titular e a reserva nos primeiros meses, mas depois foi direto para o banco de suplentes. Nesta temporada, ganhou poucas chances com Tite. Até que na primeira rodada do Campeonato Brasileiro surgiu uma oportunidade.

Sem Bruno César, negociado com o português Benfica, e com Morais em baixa – iniciou o jogo com o Tricolor gaúcho, mas não foi bem -, Danilo pode ganhar espaço nessas primeiras rodadas do nacional. Até porque Alex, recém-contratado do russo Spartak Moscou, ainda não pode estrear com a camisa do Corinthians.

Tudo por conta da janela de transferências internacionais, que normalmente abre no dia 3 de agosto. A diretoria alvinegra, porém, tenta antecipá-la.

- Não fizemos o pedido ainda, mas vamos pedir. É melhor para o Campeonato Brasileiro e para o Corinthians. Outros times também já pediram. Espero que vire uma regra para os outros anos – disse o presidente Andrés Sanches.

Vale lembrar também que o mandatário alvinegro declarou recentemente que o clube tem uma lista de jogadores para emprestar e que pretende renovar ao máximo o grupo, já que não ganhou nada. Se Danilo realmente ganhar mais oportunidades pode até se salvar dessa barca.



Escrito por ribamarbianchini às 11h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PAINEL FC

EDUARDO OHATA E BERNARDO ITRI - painelfc.folha@uol.com.br

Substituição

Embora tenha sido bancada a permanência de Paulo César Carpegiani, o nome de Carlos Bianchi ainda circula no Morumbi. A diretoria são-paulina cogitou sua contratação enquanto discutia a manutenção do atual comandante por ele ser um técnico de renome internacional, mas decidiu manter Carpegiani. Só que agora, na Argentina, comenta-se que Bianchi tem proposta do São Paulo para assumir o time em julho.



Antes e depois. Membros do movimento "Fora, Dualib", que apoiou a candidatura de Andres Sanchez à presidência do Corinthians, dizem que são totalmente contra a manutenção do dirigente no comando do clube, como vem sendo comentado no Parque São Jorge.

Manifesto. Afirmam não querer a mudança no estatuto e que é necessária a alternância de poder. O grupo pretende iniciar um protesto dentro do clube para evitar a reeleição de Andres.

Memória. Criticado por Patrícia Amorim por ter levado a taça do Estadual do Rio à quadra da Portela, o presidente do conselho fiscal do Flamengo, Leonardo Ribeiro, lembra que leva os troféus desde 1999. "A primeira vez que levei, inclusive, foi para apoiar a candidatura da Patrícia Amorim para vereadora", afirmou Ribeiro.

Paz e amor. O cartola flamenguista diz que não falou a respeito desde o ocorrido, na última semana, porque estava em Manaus acompanhando a Copa Brasil de futebol de praia e que está tudo bem com Amorim.

Efeito balada. Gente próxima a Arnaldo Tirone afirma que o Palmeiras está com negócio quase fechado com o argentino Martinuccio. Dizem que ele joga na mesma função de Valdivia, criticado por Tirone.

Capacidade. Ontem, evento da Rio-2016 mostrou mapeamento das instalações esportivas no Brasil: 355, em cerca de 150 cidades -o país tem mais de 5.000 municípios. Apesar de poucas cidades contempladas, o secretário-executivo do Ministério do Esporte, Valdemar de Souza, saiu feliz do encontro.

Recheado. O motivo da comemoração é que, de 2003 a 2010, a pasta firmou 12.500 contratos com órgãos públicos e investiu R$ 2,9 bilhões. O mapeamento, segundo o governo, mostra que as delegações terão opções em 2016.

Na TV. Presidente da Confederação Brasileira de Tênis, Jorge Lacerda reclamou de a ESPN Brasil não ter exibido o jogo de Thomaz Bellucci em Roland Garros. A emissora afirma não ter câmeras na quadra da partida.


Colaboraram FERNANDO ITOKAZU e RAFAEL REIS , de São Paulo

DIVIDIDA

"Maradona, como jogador, foi um gênio. Como pessoa, sempre me pareceu desastroso"
JOSÉ CHILAVERT
ex-goleiro do River e do Paraguai, sobre o ex-técnico da seleção argentina



Escrito por ribamarbianchini às 11h08
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Dupla de zaga não perde pelo Verdão, mas tem 'prazo de validade' no time

Danilo e Thiago Heleno nunca perderam jogando juntos. No entanto, o primeiro vai para o Udinese-ITA e só atua, no máximo, mais seis vezes

Por Diego Ribeiro São Paulo

montagem  Danilo e Thiago Heleno Palmeiras (Foto: Montagem sobre foto da Ag. Estado)
Danilo e Thiago Heleno: dupla tem data para se
separar (Foto: Montagem sobre foto da Ag. Estado)

A goleada por 6 a 0 sofrida diante do Coritiba, pela Copa do Brasil, foi um acidente de percurso. Prova disso é que nos dois jogos seguintes a defesa do Palmeiras retomou sua sina de não sofrer gols. Boa parte dessa segurança na zaga vem por meio da dupla formada por Danilo e Thiago Heleno, que ainda não perdeu jogando junta pelo Verdão. O problema é que a parceria tem prazo de validade: no máximo, mais seis jogos.

Danilo já está negociado com o Udinese-ITA e se apresenta ao clube no início de julho. Até lá, a equipe de Luiz Felipe Scolari tem mais seis compromissos pelo Campeonato Brasileiro. A diretoria chegou a cogitar a liberação antecipada do camisa 23, mas a tendência é que ele participe de todas as partidas – isso, claro, se não se machucar ou for suspenso.

Em 16 jogos com Danilo e Thiago, o Palmeiras venceu 11 e empatou cinco, sofrendo apenas seis gols nesses duelos (média de 0,37 por jogo). Na goleada do Couto Pereira, Thiago Heleno estava suspenso, e Danilo jogou ao lado de Leandro Amaro. Com a dupla refeita, duas vitórias em sequência: 2 a 0 sobre o Coxa, e 1 a 0 diante do Botafogo, neste domingo, em São José do Rio Preto. Foi nesse setor que Felipão iniciou a reconstrução do time em 2011.

A DUPLA NO PALMEIRAS
Danilo152 jogos, 8 gols
Thiago Heleno20 jogos, 3 gols

 - Já disse que o Palmeiras é isso: competitividade, bom posicionamento, e bons jogadores na defesa e no meio que dificultam para o adversário. É dessa forma que vamos jogar – ressaltou o técnico, logo depois da vitória sobre o Botafogo.

Com a perda de Danilo, o clube corre atrás de outro parceiro à altura para Thiago Heleno. O favorito é Henrique, do Racing Santander-ESP. O Barcelona, dono dos direitos econômicos, está disposto a liberar o zagueiro em definitivo por 4 milhões de euros (R$ 9,2 milhões). O clube e o empresário Marcos Malaquias buscam maneiras de viabilizar a contratação.

Os últimos momentos da parceria:

29/05 – Cruzeiro x Palmeiras – Arena do Jacaré
04/06 – Palmeiras x Atlético-PR – Canindé
12/06 – Internacional x Palmeiras – Beira Rio
19/06 – Palmeiras x Avaí – Pacaembu
26/06 – Ceará x Palmeiras – Presidente Vargas
29/06 – Palmeiras x Atlético-GO - Pacaembu



Escrito por ribamarbianchini às 11h00
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Santos tenta contrariar clichê e busca Libertadores com time 100% nacional

Última vez que um time brasileiro chegou à decisão da competição continental sem estrangeiros no elenco foi justamente o Peixe, em 2003

Por Adilson Barros e Julyana Travaglia Santos, SP

É comum, às vésperas de uma disputa de Taça Libertadores, equipes brasileiras correrem atrás de jogadores estrangeiros. Virou chavão dizer que ter um gringo no elenco ajuda na comunicação com árbitros sul-americanos. Em muitos casos, dá certo. O Internacional, por exemplo, atual campeão continental, chegou ao bicampeonato com Guiñazu, Sorondo, D'Alessandro e Abbondanzieri. O Santos versão 2011, porém, contraria o clichê. E não é de hoje.

Muricy conversa com jogadores antes do treino do Santos (Foto: Adilson Barros / GLOBOESPORTE.COM)
Muricy Ramalho comanda um elenco 100% nacional (Foto: Adilson Barros / GLOBOESPORTE.COM)

A partir da próxima quarta-feira, o Peixe disputa com o Cerro Porteño-PAR uma das duas vagas na final do torneio continental. Tenta repetir 2003. Naquele ano, o Alvinegrou chegou para disputar a título apenas com jogadores nascidos no Brasil. Desde então, todos os times brasileiros que conseguiram chegar à última dase da competição tinham gringos em seus elencos.

Depois, em suas últimas participações na Libertadores, o clube da Vila Belmiro foi atrás de estrangeiros e não conseguiu chegar à decisão. Em 2007, com o chileno Maldonado, parou na semifinal. Em 2008, com o equatoriano Michael Jackson Quiñonez, os argentinos Sebastián Pinto, Mariano Trípodi e o colombiano Mao Molina, parou nas quartas. Em 2005, tinha o goleiro Henao, da Colômbia, e também ficou nas quartas.

Dos cinco times brasileiros que se classificaram para a atual edição do torneio, o Santos é o único que não tem jogadores estrangeiros. Cruzeiro, Corinthians, Fluminense, Grêmio e Internacional, que apostam em jogadores dos países vizinhos, ficaram pelo caminho. Aliás, de todos os 38 participantes da competição continental, o Alvinegro Praiano é o único 100% nacional.

- Para mim, não faz diferença alguma ter ou não estrangeiros no elenco. Só com brasileiros, chegamos às semifinais jogando bem, mostrando a marca do futebol brasileiro - afirma o volante Danilo.


OS ÚLTIMOS FINALISTAS BRASILEIROS DE LIBERTADORES
ANO
TIME
ESTRANGEIROS
2003SantosSem estrangeiros no elenco
2004Não houve brasileiros na final
2005São Paulo x Atlético-PRLugano (SAO), Baloy e Marín (ATL)
2006InternacionalRentería
2007GrêmioSaja, Schiavi e Gavillán
2008FluminenseConca
2009CruzeiroSorín
2010InternacionalGuiñazu, D'Alessandro, Sorondo e Abbonanzieri

 O goleiro Rafael, por sua vez, afirma que até poderia vir a calhar ter um estrangeiro no elenco mais para ter alguém que entendesse o que os árbitros falam. No entanto, garante que isso não pesa quase nada.

- Até porque o Muricy (Ramalho, técnico alvinegro) tem pedido para esquecermos o juiz. Então, não tem feito falta não termos um estrangeiro. O que importa mesmo é que o time está jogando bem e entrosado. Há vários jogadores que vieram da base, já temos um entrosamento muito bom.

Em 2003, um Peixe totalmente brasileiro perdeu o título para o Boca Juniors. Agora, tenta subir o degrau mais alto da América e conquistar o tri só com jogadores nacionais, como em 1962 e 1963.



Escrito por ribamarbianchini às 10h58
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Carlos Bianchi no São Paulo?

Um dos treinadores mais vencedores do futebol argentino da última década pode estar de malas prontas para o Brasil. De acordo com a imprensa argentina, Carlos Bianchi teria recebido uma proposta de um grande clube brasileiro e estaria estudando voltar a dirigir em julho.

De acordo com a agência de notícias Telám, a proposta teria sido do São Paulo, e o treinador teria gostado da oferta do clube paulista.

- A proposta é muito importante, mas ainda não sabemos o que Carlos responderá. De concreto é que ele quer voltar a dirigir e a oferta está feita. Veremos o que acontece nos próximos dias – declarou uma fonte à Agência Telám.

Ainda segundo a agência, este mesmo clube estaria interessado em contar com a presença de Juán Román Riquelme, camisa 10 do Boca Juniors e que renovou o seu contrato com a instituição recentemente. O último trabalho de Bianchi foi de manager do Boca Juniors.



Escrito por ribamarbianchini às 10h54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Emerson diz que comemorará gols contra o Flu: 'Dou até cambalhota'

Atacante do Corinthians volta a ironizar Fred e lembra episódio de tiro com arma de chumbinho em quarto de hotel no Uruguai, durante a Libertadores

Por GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro

Emerson durante entrevista (Foto: Eduardo Peixoto / Globoesporte.com)
Sheik não vê problema em comemorar contra o Flu
(Foto: Eduardo Peixoto / Globoesporte.com)

Contratado na última semana pelo Corinthians, Emerson voltou a citar o Fluminense. Em tom de provocação, disse que vai comemorar e muito se fizer um gol pelo novo clube contra o Tricolor das Laranjeiras, que deixou de forma conturbada no início de maio (os times se enfrentam já na 4ª rodada do Brasileirão, dia 12 de junho, em São Paulo).

- Dou até cambalhota se marcar um gol no Fluminense - disse o jogador, em entrevista publicada nesta segunda-feira pelo jornal "Extra".

Autor do gol que deu o título brasileiro ao Fluminense no ano passado, Emerson, por outro lado, garantiu não se sentir à vontade para festejar um eventual gol contra o Flamengo.

- Não consigo comemorar.

Emerson ainda voltou a alfinetar o atacante Fred que, segundo ele, teria influência nas decisões do técnico interino Enderson Moreira. Questionado se Fred indicava treinador e se era presidente entre aspas, respondeu de forma irônica.

- Ele é atleta, né? Eu acho que é atleta, né (risos). Não sei de nada (risos).

Emerson foi afastado do Fluminense, segundo a diretoria tricolor, por diversos episódios de indisciplina. A gota d’água foi o fato de ter cantado o "Bonde do Mengão sem freio" no ônibus tricolor antes do jogo contra o Argentino Juniors, o que ele admite. Mas outro problema acabou sendo alvo de críticas. O quarto do jogador em um hotel no Uruguai, onde o Fluminense se concentrava para o jogo contra o Nacional, pela penúltima rodada da fase de grupos da Libertadores, foi encontrado danificado. E Emerson confessa que houve disparos de arma de chumbinho no local.

- Doze jogadores compraram armas em um shopping em frente ao hotel. Saímos do hotel com a concordância da diretoria. Aí, todos atiraram dentro do quarto. Mas só meu nome apareceu. Toda a conta (da destruição do quarto) foi dividida certinho. Todos pagaram. As armas foram apreendidas no aeroporto. Foi uma brincadeira, molecagem de jogador. Mas usaram isso para colocar meu nome de forma negativa.



Escrito por ribamarbianchini às 17h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Terceiro uniforme do Corinthians é grená e homenageia o Torino

Loja virtual antecipa o clube e divulga imagens da nova camisa na internet. Estreia será no duelo contra o Coritiba, domingo, em Araraquara

Por GLOBOESPORTE.COM São Paulo


Nova camisa do Corinthians (Foto: Reprodução)
Novo terceiro uniforme do Timão é grená
(Foto: Reprodução)

Acabou o mistério! A nova terceira camisa do Corinthians é uma homenagem ao italiano Torino. O clube ainda não confirma oficialmente, mas o novo modelo já está circulando na internet e sendo comercializado pela Times Mania, por R$ 189,90. O novo uniforme é grená e tem um São Jorge, padroeiro do clube, estampado na frente.

O planejamento da diretoria de marketing do Timão é estrear a camisa em homenagem ao clube italiano no próximo domingo, contra o Coritiba, no estádio Fonte Luminosa, em Araraquara, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Na semana passada, o marketing corintiano colocou uma caixa cinza bem grande dentro da sala da imprensa do CT Joaquim Grava, no Parque Ecológico do Tietê. Tudo para aumentar o mistério em relação ao modelo da camisa número 3. O lançamento oficial deve ser ainda esta semana.

A homenagem ao Torino, por sua vez, tem a ver com o ano de 1949. À época, o Corinthians usou uniforme grená em um jogo contra a Portuguesa porque a delegação do time italiano havia morrido em um acidente aéreo. É o que informa o comunicado enviado pela loja Times Mania. Aliás, a versão que está sendo comercializada é "pré-final", muito próxima a que será lançada.



Escrito por ribamarbianchini às 16h28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Liedson encerra jejum de gols e mantém 100% quando vai às redes

Corinthians vence o Grêmio, em Porto Alegre, de virada, com um gol do Levezinho. Timão ganhou todos os jogos em que o atacante marcou

Por Leandro Canônico Porto Alegre

Depois de quase um mês de jejum, Liedson foi novamente decisivo para o Corinthians. Na tarde deste domingo, na estreia do Corinthians no Campeonato Brasileiro, contra o Grêmio, em Porto Alegre, o atacante voltou a balançar as redes e foi o herói da vitória alvinegra por 2 a 1, de virada, sobre os gaúchos.

O Timão saiu perdendo, depois de gol de pênalti marcado por Douglas, aos 13 minutos de jogo, mas pouco depois, aos 20, também em penalidade máxima, Chicão empatou. O gol salvador do Levezinho saiu no segundo tempo, aos 27. Alessandro bateu o lateral na direita, Danilo desviou de cabeça e Liedson se antecipou à marcação para desviar para a rede.

Antes deste domingo, o último gol anotado por Liedson tinha sido nas quartas de final do Campeonato Paulista, contra o Oeste, no estádio do Pacaembu. De lá para cá, ele passou em branco na semifinal diante do Palmeiras e nas duas partidas da decisão do estadual, com o Santos. Pode-se dizer que é por isso que o Timão perdeu o título.

liedson flamengo fabio rochemback (Foto: Roberto Vinicíus / Agência Estado)
Liedson tenta se livrar da marcação de Fabio Rochemback (Foto: Roberto Vinicíus / Agência Estado)

Pelo menos é o que os números mostram. Nesta temporada, o Corinthians jamais perdeu quando o Levezinho fez gol. Ou melhor, venceu sempre. Os 12 gols de Liedson pelo Timão estão divididos em nove partidas. No caso, nove vitórias. Por outro lado, quando ele joga e não marca, são quatro empates e quatro derrotas.

- Ainda bem que quando eu faço gol o time ganha. Mais importante que o gol é a vitória. Não fomos tão superiores, mas o suficiente pra ganhar deles - falou o atacante.

Artilheiro do Campeonato Paulista, com 11 gols (ao lado do santista Elano), Liedson é a principal arma ofensiva do técnico Tite para o Brasileirão. Pelo menos até o fim da recuperação de Adriano, prevista para setembro, e a estreia de Emerson Sheik, ainda sem data definida.



Escrito por ribamarbianchini às 10h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Painel FC

EDUARDO OHATA e BERNARDO ITRI painelfc.folha@uol.com.br

Meia palavra basta

Perguntado se tivesse que escolher entre Paulo César Carpegiani ou Rivaldo, após um início de temporada ruim, o presidente Juvenal Juvêncio dá a entender que pretere o treinador. "Isso é uma pegadinha, mas vou responder. Eu achava que ganharíamos o Paulista e a Copa do Brasil . E tinha dados concretos para achar isso. E os resultados desse primeiro semestre me frustraram bastante", afirma o são-paulino.



Controle. Juvenal, porém, diz que as diferenças entre os dois foram resolvidas. "Chamei-os na minha sala, conversamos. Mandei eles conversarem com o grupo e depois com a imprensa"

Calendário. A organização do título de capitalização É Gol pretende promover, no segundo semestre, clássicos regionais amistosos. De acordo com o projeto, os próprios títulos servirão como ingressos para as partidas.

Come-fogo. O primeiro jogo que está sendo armado para acontecer é o clássico de Ribeirão Preto, entre Botafogo e Comercial.

Tô nem aí. No mesmo dia em que foi anunciado que o orçamento do estádio corintiano era de R$ 1,07 bilhão, o presidente do clube, Andres Sanchez, e o ministro do Esporte, Orlando Silva Jr., se divertiram em um boate de samba, na Vila Madalena.

Critério. Há forte rejeição de parte da Fifa em apoiar Brasília para a abertura da Copa. O argumento é de que a entidade não defende locais sem tradição no futebol para ter o jogo inaugural.

Jogando... Foi acertado ontem que o Mundial Feminino de Handebol acontecerá em São Paulo, entre novembro e dezembro. Na capital paulista, a sede será no Ibirapuera. Barueri, Santos e São Caetano também receberão jogos da competição.

...em casa Havia sido cogitado colocar Santa Catarina como sede, mas a ideia foi descartada. O acordo entre Secretaria Estadual de Esporte e Federação Internacional de Handebol deverá ser anunciado hoje.

Super... Se quiser ter a pivô Érika dedicando-se integralmente à seleção brasileira na preparação para o Pré-Olímpico, a Confederação Brasileira de Basquete terá de desembolsar pelo menos US$ 100 mil para o Atlanta Dream, da WNBA, com quem a jogadora tem contrato.

...valorizadas Assim, a jogadora e sua parceira de Atlanta Iziane não serão convocadas hoje pelo técnico Enio Vecchi. Elas só se juntarão ao time 48 horas antes da estreia no Pré-Olímpico, na Colômbia. Em setembro.


Colaboraram DANIEL BRITO e RAFAEL REIS, de São Paulo

DIVIDIDA

"Eles falam o que eles querem. Não tem problema, deixa falar"


ARNALDO TIRONE
presidente do Palmeiras, sobre a oposição ter começado a criticá-lo



Escrito por ribamarbianchini às 10h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Kleber exalta golaço e homenagem, mas ‘corneta’ faixa de capitão

Em seu 102º jogo pelo Palmeiras, Gladiador dá vitória sobre o Botafogo e comemora gol de técnica. Única ‘crítica’ é à faixa de capitão estilizada

Por Diego Ribeiro São José do Rio Preto, SP

Não havia melhor momento para Kleber quebrar o jejum de quase 40 dias sem fazer gols pelo Palmeiras. O Gladiador, que estava há seis jogos sem marcar, protagonizou um golaço e deu a vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, neste domingo, em São José do Rio Preto, na estreia das equipes no Campeonato Brasileiro. Conhecido por sua raça em campo, Kleber comemorou desta vez um gol que foi muito mais fruto da técnica do que da garra (veja no vídeo ao lado).

- Se foi um gol de guerreiro eu não sei, mas foi um gol bonito, corte e finalização. Foi mais técnica do que vontade – disse Kleber.

O longo jejum de gols era novidade para o atacante na temporada. Com a pintura deste domingo, já são 14 bolas na rede na temporada. Com crédito junto à torcida palmeirense, ele justificou a série negativa.

- Nada disso me preocupa, pois teve jogo em que eu tive de jogar de meia, deixando Adriano e Wellington mais à frente. São vários fatores que dificultam na hora de fazer o gol – afirmou.

kleber palmeiras gol botafogo (Foto: Cesar Greco / Agência Estado)
Kleber carregou o nome "Gladiador" abaixo do número 30 na camisa (Foto: Cesar Greco / Agência Estado)

O dia foi de homenagem para o capitão do Palmeiras. Celebrando os 100 jogos pelo clube (completados em 5 de maio, contra o Coritiba), Kleber entrou em campo com camisa personalizada e uma faixa de capitão prateada, além do nome Gladiador nas costas.

- Gostei da homenagem, só não gostei do C (na faixa de capitão), não ficou legal – brincou.



Escrito por ribamarbianchini às 10h21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Peixe espera anunciar a contratação de Borges nesta segunda-feira

Agente do atleta se reunirá com o Grêmio para tentar obter a liberação. O atacante não está nos planos do Tricolor, que quer Marquinhos em troca

Por GLOBOESPORTE.COM Santos, SP


borges treino grêmio (Foto: Eduardo Ceconi/Globoboesporte.com)
Borges vem treinando separadamente no Olímpico
(Foto: Eduardo Ceconi/Globoboesporte.com)

O Santos tem esperança de anunciar a contratação do atacante Borges nesta segunda-feira. O jogador já tem um acordo com a diretoria santista, mas ainda aguarda a liberação do Grêmio, que já o afastou do elenco. Nesta segunda, o agente do jogador, Márcio Rivelino, vai se reunir com a diretoria tricolor em Porto Alegre para tentar agilizar o desligamento do atleta.

Para ceder Borges, o Grêmio quer receber o meia Marquinhos, que é jogador do Peixe, mas está emprestado ao Avaí. Inicialmente, a diretoria do clube catarinense batia o pé e garantia que não negociaria o jogador, com quem tem contrato até o fim do ano. No entanto, em nota oficial publicada em seu site no último fim de semana, a direção do Leão amenizou o seu discurso e disse que a decisão cabe a Marquinhos.

Borges perdeu espaço no Olímpico desde que foi expulso na partida de ida contra o Universidad Católica-CHI, pelas oitavas de final da Taça Libertadores, e após a perda de um pênalti na final da Taça Farroupilha - o segundo turno do Campeonato Gaúcho. Imediatamente entrou na mira do Santos por recomendação do técnico Muricy Ramalho, que o comandou no São Caetano e no São Paulo.

O Peixe ainda pode realizar uma troca na lista da Taça Libertadores. Tem até o fim desta segunda - 48 horas antes do início da semifinal (quarta, contra o Cerro Porteño-PAR, no Pacaembu) para isso. Borges, porém, não poderia ser incluído na relação, pois já defendeu o Grêmio nesta edição da competição.



Escrito por ribamarbianchini às 10h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




JUCA KFOURI

Estreia à paulista


Nenhum time de São Paulo perdeu e mesmo quem empatou em casa se deu muito bem neste início



QUATRO JOGOS, 10 pontos ganhos, seis deles fora de casa, com o São Paulo derrotando o campeão brasileiro Fluminense (2 a 0), em São Januário, e o Corinthians batendo o Grêmio (2 a 1), no Olímpico.
Mesmo o Santos que apenas empatou, na Vila Belmiro, com o Inter (1 a 1), pode comemorar, pelas circunstâncias de ter enfrentado o melhor colorado possível com seu time de reservas.
E o Palmeiras, que passou pelo Botafogo (1 a 0), pode ainda argumentar que jogou em casa apenas como modo de dizer, porque não foi bem assim.
Como não foram bem jogadas as partidas em que houve as três vitórias e o empate.
Porque, na verdade, os quatro times não puseram em campo aquilo que esperam ter de melhor neste Brasileirão, fruto desta burra pré-temporada de estaduais que esgota os times, machuca os jogadores e ainda não dá tempo para que se façam contratações planejadas, embora aí a culpa seja tanto da CBF, mais preocupada com a seleção brasileira e com a BBC, quanto dos clubes, que não se impõem e ainda bajulam atrás de migalhas, com poucas, raríssimas, talvez só duas, exceções.
O Santos, é claro, não poderia fazer mais do que fez contra o Inter que decepcionou em grande estilo, apenas menos que o Grêmio, capaz de fazer só um gol de pênalti pra lá de duvidoso e tomar dois em seguida tão logo o Corinthians resolveu jogar um pouquinho de futebol, coisa que com Morais e Ramirez é difícil, para não dizer simplesmente impossível.
Já o Palmeiras voltou a mostrar a cara do time perigoso nas bolas paradas e bem organizado na defesa, ainda mais diante de um Botafogo sem sua dupla gringa composta por Herrera e Loco Abreu.
E o São Paulo depois de um primeiro tempo sonolento, acordou no segundo e por pouco não goleou o time de Chico Buarque que, vai ver, ao notar que agora tem publicidade de telefonia no uniforme dos árbitros, lembrou-se de chamar o ladrão.
O futebol de São Paulo domina o cenário nacional neste século 21 com seis títulos dos 10 disputados, mas foram cariocas os campeões dos dois últimos Brasileirões.
E que têm Ronaldinho Gaúcho, enfim, dando esperanças de voltar a jogar bem.
Um quatrocentão mais fanático poderá dizer que esta primeira rodada é um bom presságio, mas, de fato, não é.
De todos os quatro times, bom, muito bom, só o Santos que, no entanto e com razão, está olhando para muito além do Brasileirão.

blogdojuca@uol.com.br



Escrito por ribamarbianchini às 10h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Depois de 98 jogos seguidos, Ceni se machuca e pede para ser substituído

Goleiro sente lesão no tornozelo esquerdo, o mesmo que foi operado em 2009. Ele passará por exame nesta segunda; médico está otimista

Por Richard Souza Rio de Janeiro

Uma cena raríssima ocorreu neste domingo em São Januário: Rogério Ceni pediu para ser substituído. O goleiro, que participou dos últimos 98 jogos do São Paulo sem dar chance aos reservas, sentiu uma lesão no tornozelo esquerdo aos nove minutos do segundo tempo (veja o vídeo ao lado). Dênis o substituiu.

Rogério passará por um exame na manhã desta segunda-feira, no CT da Barra Funda. A princípio, a lesão não é grave, segundo o médico do clube, José Sanchez.

- Ele teve uma entorse no tornozelo esquerdo, uma lesão no tendão de Aquiles. No intervalo, fiz uma proteção no local e ele quis voltar para o jogo. Depois, sentiu e acabou saindo. Amanhã (segunda-feira), ele vai ao CT para fazermos novo exame. Se houve um problema mais grave, vamos ver, mas não me parece (grave) – explicou Sanchez.

Após a partida, o técnico Paulo César Carpegiani disse que a ausência de Rogério Ceni prejudicaria  muito o grupo.

- O Rogério é o São Paulo. É a cara do São Paulo. Não seria apenas uma perda física, mas de comportamento dos demais jogadores, pela liderança que ele exerce. Espero que não seja nada de grave.

O capitão são-paulino deixou o estádio de São Januário mancando. No caminho até o ônibus, conversou rapidamente com algumas fãs e posou para fotos.

Coincidentemente, a lesão mais séria da carreira de Rogério Ceni foi no tornozelo esquerdo, fraturado em abril de 2009, durante treinamento no CT. O goleiro precisou passar por cirurgia. Foram colocados uma chapa e seis pinos para ajudar na consolidação da lesão.

Rogerio ceni são paulo deixa são januário (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)

O goleiro Rogerio Ceni deixa São Januário sorrindo. Lesão no tornozelo, aparentemente, não é grave 
(Foto: Richard Souza / Globoesporte.com



Escrito por ribamarbianchini às 10h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Em jogo de pênaltis polêmicos, Corinthians vira sobre o Grêmio e ameniza crise

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre

Agência Freelancer

Chicão comemora ao marcar para o Corinthians contra o Grêmio no Olímpico

O Corinthians abafou o início de crise instalado na última semana. Após a derrota para o Santos na final do Campeonato Paulista, torcedores pediram a saída de Tite e picharam os muros do Parque São Jorge. Neste domingo, no estádio Olímpico, o Grêmio saiu na frente, mas levou a virada no segundo tempo: 2 a 1. Os primeiros gols da partida foram ambos de pênalti, um para cada lado, geraram polêmica, com reclamações de parte a parte. Chicão, de pênalti, e Liedson fizeram para o Corinthians. Douglas, também de pênalti, descontou para o Grêmio.

PRIMEIRO TEMPO

PRIMEIRO TEMPO
13min - Morais recebe de Fábio Santos e chuta para fora
19min - Douglas tenta gol olímpico em escanteio, Júlio César defende
29min - Leandro cruza e Júnior Viçosa dá um voleio, mas a bola passa sobre o gol
31min - William recebe de Liédson e chuta de primeira, por cima
SEGUNDO TEMPO
13min - GOOOOLLLL DO GRÊMIO!!!! Douglas desloca Julio Cesar em cobrança de pênalti
16min - Ramires pega rebote de primeira, vence Victor, mas Neuton afasta de cabeça de cima da linha
20min - GOOOOLLLL DO CORINTHIANS!!!! Chicão cobra pênalti no canto direito de Victor e empata o jogo
27min - GOOOOLLLL DO CORINTHIANS!!!! Cobrança de lateral, Danilo escora e Liedson faz de voleio

O resultado coloca o time de São Paulo entre os líderes do Brasileirão, com 3 pontos. Já o Grêmio amarga a ponta de baixo da tabela. Foi a terceira derrota seguida em casa sofrida pela equipe comandada por Renato Gaúcho. A pressão, evidente na última semana, ganhará força no Grêmio. O principal foco, no entanto, não é o treinador, mas a direção do clube.

A próxima rodada aponta o Corinthians recebendo o Coritiba, domingo, às 16h, no Pacaembu. Enquanto isso, o Grêmio vai ao Paraná jogar contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada. A partida também ocorrerá domingo às 16h.


O Grêmio começou a partida marcando no campo corintiano. Esta situação gerou alguns erros em saída de bola. Assustado, o Corinthians não conseguiu passar do meio-campo nos primeiros minutos de jogo. Com a bola no pé, o Grêmio se manteve no campo de ataque, mas sem assustar. O Corinthians, por sua vez, só chegou em contra-ataques.


Ambos os times tiveram ponto fraco nos jogadores de meio. Tanto o quarteto corintiano quanto o gremista não conseguiram produzir o esperado. Os 25 primeiros minutos de jogo tiveram somente duas finalizações, mas nenhuma delas foram ao gol.


Lesão de Rodolfo  melhora o Grêmio


A 37 minutos da primeira etapa, Rodolfo deu um carrinho no lado esquerdo defensivo do Grêmio, e acabou se lesionando. Renato Gaúcho mudou, com isso, taticamente o time. Ao sacar o zagueiro e colocar Escudero, Lúcio passou para a lateral-esquerda e Neuton para a zaga. A torção no tornozelo esquerdo esquerdo do jogador foi uma cena muito forte. Rodolfo foi encaminhado direto para um hospital. A troca tático colocou o Grêmio no ataque, mas até o fim do primeiro tempo nada aconteceu.

Pênaltis polêmicos e gol de lateral

O Grêmio começou o segundo tempo como acabou o primeiro: em cima. Depois de muitos cruzamentos inúteis, o time se soltou no jogo. A 12 minutos, Leandro saiu em velocidade pelo lado direito e Leandro Castan o derrubou dentro da área, pênalti. Os jogadores do Corinthians reclamaram muito, alegando que o atacante gremista teria simulado a falta. Douglas bateu e abriu o placar.


Atrás, o Corinthians passou a explorar os lados de campo e buscar o empate. Sete minutos depois de ter um pênalti contra, exatamente em jogada pelo lado, o time de Parque São Jorge conseguiu uma penalidade a seu favor. Lúcio derrubou Liedson. Foi a vez dos jogadores do Grêmio reclamarem uma "compensação do árbitro Nielsen Nogueira Dias. Chicão bateu e empatou a partida.

"Foi pênalti mesmo, falha individual mesmo, minha. Errei, desculpa. Foi pênalti, não houve erro", admitiu Lúcio,que tocou Liedson dentro da área no segundo tempo, depois da partida.

O jogo ficou aberto. Ambos os times pareciam ter encontrado o caminho para o gol adversário. O Grêmio usava os cruzamentos, enquanto o Corinthians atacou pelos flancos. Novamente explorando os lados de campo, a agremiação paulista virou. Em uma cobrança de lateral, Danilo escorou e Liedson fez de voleio. Foi o segundo lance de gol que o Grêmio sofreu em cobrança de lateral. No Gre-Nal final do Campeonato Gaúcho, após lance semelhante, Zé Roberto, do Inter, foi derrubado por Victor, e o pênalti gerou gol do rival.

O Grêmio saiu para o ataque, mas a cada chance perdida ficava evidente que o resultado não seria alterado. Desorganizado, a força de vontade passou a ser o principal argumento dos locais. No entanto foi ineficiente, e o Corinthians estreou com pé direito, vencendo fora de casa no Brasileirão. Ao som de vaias, o Grêmio foi para os vestiários.



Escrito por ribamarbianchini às 18h03
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Grêmio x Corinthians: encontro dos vices gaúcho e paulista no Olímpico

Confronto tem início às 16h deste domingo, pela primeira rodada do Brasileiro

Por Eduardo Cecconi e Leandro Canônico Porto Alegre

Uma semana após a tristeza da derrota nas decisões dos campeonatos gaúcho e paulista, Grêmio e Corinthians se encontram às 16h deste domingo. No Estádio Olímpico, em Porto Alegre, as duas equipes estreiam no Campeonato Brasileiro.

Eliminados também na Libertadores - o Corinthians na fase prévia, e o Grêmio nas oitavas de final -, os rivais desta tarde têm apenas a disputa nacional para priorizar, e jogam com todos os titulares possíveis.    

O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances em Tempo Real, com vídeos. A TV Globo transmite a partida ao vivo para os estados de para os estados de Rio Grande do Sul (exceto Porto Alegre), Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Goiás, Tocantins, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pernambuco, Maranhão (exceto Balsas), além do Distrito Federal. O árbitro será Nielson Nogueira Dias (PE), auxiliado por Erich Bandeira (PE) e Carlos Berkenbrock (SC).
 

header o que esta em jogo

Grêmio: reafirmar o bom desempenho ofensivo dos Gre-Nais que decidiram o estadual, e ao mesmo tempo corrigir os problemas defensivos. Entre comissão técnica e diretoria há consenso na aprovação das atuações nos clássicos recentes, e a ideia é provar contra o Corinthians que a perda do título para o Inter não tornou 'desprezível' o grupo tricolor.

Corinthians: o Timão tem no Campeonato Brasileiro sua última chance de conquista nesta temporada. A ideia da diretoria é montar um time ainda mais forte, com a chegada de mais quatro ou cinco reforços. É a oportunidade também de Tite confirmar seu trabalho e superar as desconfianças.
 

header as escalações 2

Grêmio:  Renato Gaúcho testou duas formações durante a semana: com Lúcio na lateral esquerda e Escudero no meio-campo, ou então passando Lúcio para a articulação, e trocando Escudero por Neuton no complemento da defesa.  O time provável tem Victor; Mário Fernandes, Saimon, Rodolfo e Neuton (Lúcio); Fábio Rochemback, Adilson, Lúcio (Escudero) e Douglas; Leandro e Júnior Viçosa.

Corinthians: sem Bruno César e Dentinho, negociados com clubes europeus, o Corinthians também não poderá contar com Morais, vetado por conta de problemas intestinais. Danilo entra em seu lugar e Willian fica com a vaga no ataque. Outra novidade é a ida de Jorge Henrique para a reserva. A provável escalação, então, será: Julio Cesar; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Ramírez e Danilo; Willian e Liedson.
 

quem esta fora

Grêmio: recuperam-se de lesões Gabriel, Vilson, Bruno Collaço e André Lima. Borges, negociando sua transferência para o Santos, sequer foi convocado para a concentração.

Corinthians: Adriano, que tinha estreia programada para a primeira rodada do Brasileiro, está em tratamento de lesão no tendão do pé direito e só volta em setembro. Alex, recém-contratado do Spartak Moscou, ainda não pode ser inscrito. E Morais, com problemas intestinais, está vetado da partida.
 

header fique de olho 2

Grêmio: Douglas atravessa boa fase e reencontra o Corinthians, time no qual se notabilizou como o Maestro das assistências a Ronaldo Fenômeno.

Corinthians: depois de ganhar espaço com boas apresentações na reta final do Paulistão, o atacante Willian herda a vaga de Dentinho, vendido para o ucraniano Shakhtar Donetsk e tem sua primeira chance como titular absoluto. Com quatro gols pelo Timão, o jogador espera iniciar o Brasileirão com destaque.
 

header o que eles disseram

Renato Gaúcho (técnico do Grêmio): “O primeiro semestre do Grêmio foi bem melhor que o do Corinthians. O Corinthians saiu na pré-Libertadores. O que não tira o mérito do Corinthians, é um time forte, está reforçando ainda mais um grupo que já é bom”.

Tite (técnico do Corinthians): "São grandes clássicos. Você enfrenta o Grêmio e depois já tem o Coritiba, que ficou invicto não sei quantos jogos. Aí passa, vai pegar o Flamengo, depois o Palmeiras. É uma dificuldade muito grande. Todas as equipes estão em um patamar parecido, com exceção do Santos. O Cruzeiro pintou assim também, mas acabou não se confirmando".

header números e curiosidades

* Pela terceira vez desde 1971, Grêmio e Corinthians se enfrentam na abertura do Campeonato Brasileiro. Nas duas vezes anteriores, deu Grêmio: 3 a 0 em Porto Alegre, em 1990 (três gols de Caio); e 2 a 0, também no Olímpico, em 2006 (gols de Alessandro e Evaldo).

* Grêmio e Corinthians se enfrentaram 22 vezes em Porto Alegre pelo Campeonato Brasileiro. Jogando em casa, a equipe gaúcha leva grande vantagem, com 14 vitórias, quatro empates e apenas quatro vitórias do Corinthians. O Grêmio marcou 38 gols e sofreu 11.

* No geral, Corínthians e Grêmio já se enfrentaram 71 vezes, com vantagem gremista. O Tricolor venceu 29 partidas, contra 25 vitórias corintianas e 17 empates; 97 gols marcados pelo Grêmio e 79 pelo Corínthians.



Escrito por ribamarbianchini às 09h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Painel FC

EDUARDO OHATA e BERNARDO ITRI painelfc.folha@uol.com.br

Paraquedas

O governador Geraldo Alckmin surpreendeu interlocutores ao questionar se o valor de R$ 1,07 bilhão do estádio de Itaquera não cairia quando fosse aberta a licitação. Pela sua lógica, a concorrência pressionaria para baixo o orçamento inicial. Chegaram a acreditar que era uma brincadeira, mas depois constataram que Alckmin não sabia que se trata de uma iniciativa privada e que a empreiteira já havia sido escolhida.



Virando... Luis Paulo Rosenberg diz que a contrapartida dada pelo Corinthians por causa do Termo de Ajustamento de Conduta assinado com o Ministério Público será fazer uma sala de aula de música no estádio.

...o jogo. De acordo com o diretor de marketing do Corinthians, a sala será usada durante os jogos da Copa-2014 pela Fifa, mas depois receberá as aulas para crianças. De acordo com o TAC assinado com Ministério Público, o Corinthians se comprometeu a dar R$ 12 milhões em contrapartidas.

Fantasma. O responsável pela negociação que tirou Dentinho do Corinthians e o levou ao Shaktar, da Ucrânia, foi o agente israelense Pini Zahavi, ligado a Kia Joorabichian. O valor total da transação foi de 8 milhões.

Uníssono. A frente de cidades-sede da Copa-2014 reunirá secretários do Mundial e de Turismo do Norte e do Nordeste para discutir iniciativas conjuntas. Querem desenhar rotas de voos que contemplem desde a entrada de estrangeiros via Manaus, passando por outras sedes.

Correndo atrás. A diretoria do Palmeiras se mexe para atender aos pedidos de Luiz Felipe Scolari. O treinador pediu a contratação de um zagueiro, um lateral-esquerdo e um meia.

Know-how. O Ministério do Esporte estuda adotar para Copa e Olimpíada a experiência da cidade canadense de Whistler, que dividiu a sede dos Jogos de Inverno com Vancouver, e fazer acordos com os organizadores dos eventos para evitar problemas comerciais.

Modelo. Whistler firmou contrato com comitê organizador da Olimpíada de Inverno esmiuçando direitos e obrigações das partes (direito de imagem, uso de logo etc). O acordo ainda previa que as obrigações da cidade não extrapolassem limite que deixasse de ser benéfico.

Melhoramentos. Mesmo de férias, o pivô brasileiro Tiago Splitter toma lições de aperfeiçoamento nos arremessos com um técnico especialista, na cidade de San Antonio, onde joga pelos Spurs, da NBA.


Colaboraram DANIEL BRITO e RODRIGO MATTOS, de São Paulo

DIVIDIDA

"Não concordo com ele. Aliás, é um acinte falar isso da Globo, que é uma parceira"


JUVENAL JUVÊNCIO
presidente do São Paulo, sobre Andres Sanchez ter dito haver gângsters na emissora



Escrito por ribamarbianchini às 09h16
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




ENTREVISTA WALTER TORRE JR.

Eu me espanto com o custo dos outros estádios

EMPRESÁRIO DIZ QUE GOVERNO DEVERIA TER ÓRGÃO PARA GERIR AS OBRAS DA COPA-14 E DAR MAIS RESPONSABILIDADE A EMPREITEIRAS

EDUARDO OHATA
DO PAINEL FC
ROBERTO DIAS
EDITOR-ADJUNTO DE MERCADO

Em 55 anos de vida, o paulistano Walter Torre Jr. jamais foi ao estádio ver o Palmeiras jogar. Ainda assim, diz que é torcedor "roxo" do time e acrescenta: "Daqui em diante vou dar muito palpite nesse Palmeiras".
O empresário assume que um dia teve simpatia pelo Santos. Mas isso foi antes de ele investir em futebol. Antes de iniciar a construção da arena que substituirá o Parque Antarctica. Antes de dar seus bens como garantia no contrato com o Palmeiras.
Ele diz que a obra estará pronta em abril de 2013. E, com tanta indefinição nos estádios previstos para a Copa- -2014, faz campanha para receber o Mundial na arena de 45 mil lugares -menos que o exigido para a abertura.
O dono da WTorre acha que o governo deveria ter criado um órgão só para cuidar do Mundial, como fez para a Olimpíada.
E que deveria dar mais "responsabilidade" às empreiteiras envolvidas na Copa. "As construtoras ficam confortáveis, contratam e depois mexem no custo", afirmou em entrevista na manhã de quinta em seu escritório.

Folha - A gente corre o risco de estar construindo elefantes brancos?
Walter Torre Jr. - Com absoluta certeza. Uma arena em Manaus, Brasília, com 72 mil pessoas, o governo não deveria deixar fazer. Não há 5 ou 10 dias de Copa que justifiquem essas estruturas.


Por esse raciocínio, a gente não deveria fazer a Copa.
A Copa tem um peso na promoção do país fantástico. Agora, a Copa em 12 cidades é uma coisa que deveria ser discutida. É muito difícil hoje, mas o governo poderia ter segurado isso. Exigido que fosse em oito cidades. Concentrar o investimento. Eu acho que a Copa está cara.


Como o sr. explica que o orçamento da arena do Palmeiras seja até modesto se comparado aos dos outros estádios?
Eu não explico. Quem tem que explicar são os outros. A nossa arena está orçada em R$ 310 milhões -quando a gente fala que vai gastar R$ 350 milhões, lembrem que tenho que fazer R$ 48 milhões de serviço para o clube, nada a ver com a arena.
No decorrer da obra nós podemos vir a gastar de 10% a 15 % a mais? Podemos. É uma obra viva. Estão sempre aparecendo acessórios, vão melhorando a operação. Coisa que nas arenas contratadas jamais será colocado.
E o nosso custo da obra é integral. Lembre que o governo fez um incentivo para as arenas da Copa. Isso retira todos os impostos. Nos materiais, baixa entre 23% e 26%. O que vai dar um retorno no custo total -porque na mão de obra não tem- em torno de 12%, 13% da obra.
Na nossa, é tabela cheia. Quando falam que as outras custam R$ 1 bilhão, tem essa diferença. Eu me espanto com o custo dos outros.


Falta ousadia aos projetos dos outros estádios?
O nosso estádio é feito com bastante pensamento. Nos outros é um pouco diferente. Se fez um projeto que tinha uma fotografia bonita, mas eles não foram projetados. O projeto custa de 9% a 11% do total. Como estavam concorrendo, óbvio que ninguém gastou 10% do valor.
Tinha pouca coisa além de um esboço arquitetônico. É por isso que com certeza os preços precisarão mudar.

O sr. aceitaria participar do estádio do Corinthians?
Nem posso. Eu exigi por contrato que eu só faria o do Palmeiras. No futebol tem paixão. Você tem que estar sempre de um único lado.
O que o pessoal não conseguiu entender é que a gente, paulista, não pode não ter a Copa. Não podemos perder tudo para o Rio. Temos todos que ajudar. É importante entenderem que não ganho nada, pelo contrário, eu perco.


O sr. ganha isenção fiscal.
Isso é verdade. Mas na hora em que a gente cede ele [estádio] para a Copa, perdemos por cinco ou seis meses a operação dele. No momento em que eu pego o estádio para a Copa das Confederações, eu perco por um mês ou dois. Do ponto de vista de explorar a arena, não é bom negócio.
Estou pleiteando a isenção fiscal por um problema de isonomia, com ou sem Copa.


O sr. já fez o pedido?
Já. Eu não concordo que, por não participar da Copa, tenha que gastar mais do que meu vizinho a cinco quilômetros. O nosso estádio, ele tem um caráter de empreendimento público. Apesar de ser uma arena, ele é como se fosse uma praça. Tem o peso de uma área pública. Com uma única diferença boa para o Estado: está sendo financiada pela iniciativa privada.


Essa região já é bastante complicada do ponto de vista do trânsito. Que preparação vocês estão fazendo?
A arena já existia. Só que ela estava mal colocada. Não tinha estacionamento, condições de entrada e saída.
É como a história de Congonhas. Está lá há muito tempo. Depois o cara veio e fez um prédio. É Congonhas que incomoda o prédio? Devia ter tido uma lei de não deixar fazer o prédio do lado.
A arena trará uma grande valorização para a região. Isso é uma coisa que se chama assim: progresso. O progresso não tem lei que barre. Então você tem que conduzí-lo da melhor forma possível. É o que estamos fazendo. Estamos estudando a melhor forma de acesso.


Vai ser uma arena multiuso. Os moradores temem que o trânsito fique mais complicado durante mais tempo.
Não é verdade. Agora foi feito um projeto. Antes não havia infraestrutura para receber os eventuais shows. Agora tem lugar para parar, para receber o lixo, para ancorar o som, acústica para não incomodar o vizinho.



Escrito por ribamarbianchini às 09h11
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Após mais de 100 dias, Dinei volta
a ser relacionado no Palmeiras

Recuperado de lesão no quadril, atacante é a novidade na viagem a São José do Rio Preto. Verdão enfrenta o Botafogo neste domingo, às 16h

Por GLOBOESPORTE.COM São José do Rio Preto, SP


Dinei no treino do Palmeiras (Foto: Ag. Estado)Dinei volta a ser relacionado: opção para Felipão
montar o ataque do Palmeiras (Foto: Ag. Estado)

Completamente recuperado de uma lesão no quadril que o tirou dos campos por mais de três meses, o atacante Dinei é a novidade entre os relacionados do Palmeiras. Neste sábado, ele viajou com o grupo que enfrenta o Botafogo no domingo, às 16h (de Brasília), em São José do Rio Preto. Foram exatos 105 dias longe de uma rotina de jogo - sua última atuação foi em 6 de fevereiro, na derrota por 1 a 0 para o Corinthians.

Por conta da lesão, o Palmeiras renovou recentemente o contrato de Dinei até dezembro. Emprestado pelo Atlético-PR, ele tinha vínculo inicial vencendo na metade de 2011.

Outra novidade é a presença do lateral-direito Paulo Henrique, que chegou ao Verdão na terça-feira, já treinou até como titular e pode ser aproveitado desde o início no domingo. O técnico Luiz Felipe Scolari elogiou muito os primeiros treinos do garoto de 21 anos.

De acordo com os treinos da semana, a provável formação da equipe que enfrenta o Botafogo é: Marcos, João Vitor (Paulo Henrique), Danilo, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Chico, Márcio Araújo, Marcos Assunção e Patrik; Adriano e Kleber.

Confira abaixo a lista dos relacionados:

Goleiros: Marcos e Deola
Laterais: Paulo Henrique e Gabriel Silva
Zagueiros: Danilo, Thiago Heleno e Leandro Amaro
Volantes: João Vitor, Márcio Araújo, Pierre, Chico e Marcos Assunção
Meias:Tinga, Patrik e Luan
Atacantes: Dinei, Kleber, Adriano e Vinícius



Escrito por ribamarbianchini às 09h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Santos entra em acordo com Borges, e Grêmio promete não dificultar

Segundo dirigente gremista, faltam detalhes para que a negociação seja fechada. Peixe tenta incluir jogadores para abater pagamento

Por Adilson Barros Santos, SP


Borges do Grêmio (Foto: Eduardo Cecconi / Globoesporte.com)
Borges já se acertou com o Santos
(Foto: Eduardo Cecconi / Globoesporte.com)

O Santos já tem um acordo com o atacante Borges, atualmente vinculado ao Grêmio. O jogador já conversou com a diretoria, com o técnico Muricy Ramalho e está de malas prontas para se transferir para a Vila Belmiro. Falta, no entanto, um acordo com o Avaí e com o meia Marquinhos, que pertence ao Peixe, está emprestado à equipe catarinense e interessa ao Tricolor gaúcho. A diretoria do Leão não quer se desfazer do jogador, a não ser que receba R$ 3,4 milhões para ceder a parte dos direitos sobre o meia que lhe pertence.

O Peixe tenta alternativas. Apresentou à diretoria gremista uma lista com alguns nomes que podem ser envolvidos em uma troca. O zagueiro Domingos, que estava emprestado à Portuguesa, e o meia Madson, atualmente no Atlético-PR, fazem parte da relação. Em último caso, se não houver acordo para troca, o Santos irá pagar para quebrar o contrato do jogador com o Grêmio, que se encerra no fim desta temporada.

O vice-presidente de futebol tricolor, Antônio Vicente Martins, afirma que as negociações estão adiantadas. Ele ainda tem esperanças de contar com Marquinhos, mas garante que a resistência do Avaí não deverá atrapalhar a ida de Borges para o Santos.

- O Santos tem um interesse grande, e o Borges também. Vamos tentar facilitar isso, pois os clubes têm ótimo relacionamento. Vamos chegar a um denominador comum. Ainda pode haver alguma diferença, mas quando conversamos em alto nível, de forma tranquila e respeitadora, acabamos sempre chegando a um final feliz para todos. Acredito que durante a próxima semana fecharemos isso - afirmou Martins, em entrevista à Rádio Globo.



Escrito por ribamarbianchini às 09h07
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Carpegiani relaciona 19 jogadores para a estreia no Brasileirão

Para o jogo contra o Fluminense, no Rio, treinador teve problemas para montar a zaga, já que o trio Miranda, Alex Silva e Rhodolfo está machucado

Por GLOBOESPORTE.COM São Paulo


Para a estreia do São Paulo no Campeonato Brasileiro contra o Fluminense, neste domingo, em São Januário, o técnico Paulo César Carpegiani relacionou 19 jogadores – um será cortado do banco de reservas.

O maior problema para o treinador é na defesa. Carpegiani não poderá contar com a sua zaga titular. Alex Silva (coxa direita), Miranda (tornozelo esquerdo) e Rhodolfo (panturrilha esquerda) seguem em tratamento no REFFIS. Já Luis Fabiano, que passou por cirurgia, é mais um que desfalcará o Tricolor no domingo.

Por outro lado, Ilsinho, que estava na Suíça, Bruno Uvini e Rodrigo Souto, ambos recuperados de lesão, voltam a ficar à disposição. O volante deverá ser titular contra os cariocas, enquanto os dois primeiros ficarão como opção no banco de reservas.

Quem também deve começar no banco é o meia Rivaldo, que se envolveu em polêmica com Carpegiani ao criticar publicamente o treinador após a eliminação da Copa do Brasil para o Avaí, na semana retrasada.

Confira a lista de relacionados:

Goleiros: Rogério Ceni e Denis.
Zagueiros: Xandão, Luiz Eduardo e Bruno Uvini.
Laterais: Jean e Juan.
Meio-campistas: Casemiro, Carlinhos, Lucas, Rodrigo Souto, Wellington, Ilsinho, Marlos e Rivaldo.
Atacantes: Dagoberto, Fernandinho, Willian e Henrique.

Carpegiani conversa com o time que vai enfrentar o Fluminense (Foto: João Neto / VIPCOMM)
Carpegiani conversa com o time que vai enfrentar o Fluminense (Foto: João Neto / VIPCOMM)


Escrito por ribamarbianchini às 09h05
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, ESPIRITO SANTO DO PINHAL, Homem, de 46 a 55 anos, Portuguese, Política, Esportes
Outro -
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  Matador da Fiel
  Futebol Interior
  Blog da Larissa Beppler
  Blog do Citadini
  Site Oficial do Corinthians
  Federação Paulista
  Site da FIFA
  Corinthians Internacional
  FOTOS DO TIMÃO
  Blog do Timão
  SITE CHICO LANG
  TV FUTEBOL AO VIVO
  Rádio Coringão
  Notícias do Corinthians
  Blog do Silvinho
Votação
  Dê uma nota para meu blog