Blog de Ribamar Bianchini MUDA PINHAL, MUDA TUDO!


'Vão tentar carimbar a nossa viagem', diz Paulo André, sobre os clássicos

Zagueiro espera Santos e São Paulo com motivação a mais nos últimos jogos do Brasileiro e diz que o Timão não tirará o pé para evitar lesões

Por Carlos Augusto Ferrari e Leandro Canônico São Paulo


Paulo André (Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)
Paulo André, durante treino do Corinthians
(Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)

Tite exige empenho total dos jogadores do Corinthians para que a reta final do Campeonato Brasileiro sirva de preparação ao Mundial de Clubes. Mas as duas últimas partidas do Timão antes do embarque para o Japão serão contra ninguém menos que os rivais Santos e São Paulo. Hora de se preservar para evitar lesões ou jogar no limite? Para o zagueiro Paulo André, os adversários tentarão tirar uma “casquinha” e derrotar o atual campeão da Libertadores.

– Todo mundo que jogar com o Corinthians vai tentar carimbar nossa viagem, falar que ganhou do time que vai disputar o Mundial. Com o Santos não é diferente. São três semanas até lá, vão fazer de tudo para nos vencer – afirmou o defensor.

Se o Santos com Neymar quer se vingar da eliminação nas semifinais da Taça Libertadores, o São Paulo deve chegar à última rodada com grandes chances de se classificar ao torneio sul-americano de 2013. O Tricolor paulista ainda tem a Copa Sul-Americana em disputa. Caso seja campeão, também garantirá um lugar.

– Nós não dependemos do São Paulo para nada. Vamos fazer a nossa preparação da melhor forma. Vamos em busca de vencer o São Paulo na última partida – ressaltou.

Paulo André reconhece que o grupo corintiano teme sofrer alguma lesão neste período de definições sobre quem será titular no Mundial. No entanto, garante que ninguém tirará o pé de divididas em treinos ou partidas do Brasileirão. Além dos clássicos, o Timão enfrentará o Coritiba, no Pacaembu, e o Internacional, no Beira-Rio.

– Tem o risco e a rivalidade vem à tona. Claro que vai ter receio, mas não podemos ter. Se entrar com pé mole ou com medo vai se machucar mais facilmente. Vamos fazer o que estamos fazendo até agora. Poucos se machucaram em partidas. Temos de ser competitivos e botar o pé. Não vai ser por causa do Japão que vamos diminuir o ritmo – disse.



Escrito por ribamarbianchini às 10h55
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Painel FC

Contra todos

Na tentativa de impugnar o jogo contra o Inter, o Palmeiras enfrenta hoje, no STJD, não apenas os gaúchos, mas a Anaf (Associação Nacional dos Árbitros de Futebol). A entidade enviou ao tribunal um parecer de sete páginas, que está incluído nos autos do processo, argumentando que o pedido de impugnação deve ser julgado improcedente. A Anaf tenta provar no documento que não houve nenhuma interferência externa no jogo.

Desconstrução. O documento da Anaf, obtido pela coluna, afirma que o árbitro da partida, Francisco Carlos do Nacimento, demorou 12 segundos para avisar os atletas do Internacional de que ele havia recebido a informação de que o gol de Barcos fora ilegal. Argumenta-se, então, que não houve tempo hábil para que o delegado da partida informasse o juiz da irregularidade.

Até o fim. Por outro lado, o Palmeiras, em seu pedido, enviou um DVD da transmissão do jogo pelo correio ao STJD tentando provar que o árbitro foi, sim, influenciado por imagens da televisão.

Mesmo time. Sport, Ponte Preta e Bahia, que queriam ingressar como terceiros interessados no processo de impugnação, tiveram seus pedidos negados. As equipes testemunhariam a favor do Inter, já que também lutam contra o rebaixamento no Brasileiro.

Jornada dupla. Duas funcionárias do Santos, que deveriam estar no clube por período integral, deixaram de ir à Vila Belmiro por pelo menos um mês para trabalhar em campanhas políticas de dois conselheiros. O fato gerou severas críticas dentro da Vila Belmiro contra o presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro.

Ciente. A diretoria do Santos afirma que já foi informada do caso, que são citados os conselheiros Orlando Rollo e Nicolino Bozzella Junior como os envolvidos e promete apurar o que de fato aconteceu para tomar as medidas cabíveis.

Cada um... Luis Alvaro diz, por meio de sua assessoria, que a diretoria apenas pode tomar atitudes sobre as funcionárias. Em relação aos dois conselheiros, o presidente argumenta que é caso para o Conselho Deliberativo.

...na sua. Entre os dois conselheiros, apenas Bozzella foi eleito, em São Vicente (SP).

Prêmio... Sem chances de retornar à primeira divisão do Campeonato Brasileiro para a próxima temporada, o América-MG ao menos pode comemorar a exposição de sua marca na mídia neste ano.

...de consolação. A comemoração se deve ao fato de o clube ter sido muito citado nesta temporada por causa de seu estádio, o Independência. O América estima que sua arena teve 11 jogos transmitidos em TV aberta durante o Brasileiro e nove partidas na TV fechada. Atlético-MG e Cruzeiro mandaram seus jogos no local.

Colaborou RAFAEL REIS, de São Paulo

Dividida

"Premiar o time que tentou ludibriar o árbitro seria traumático ao futebol brasileiro"
DANIEL CRAVO
advogado do Inter, sobre o pedido de impugnação do jogo contra o Palmeiras



Escrito por ribamarbianchini às 10h53
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Correndo contra o tempo, Sheik também não pega o Coritiba

Atacante segue em tratamento por dores no joelho e está fora da partida de sábado. Sobrarão só três partidas para ganhar vaga de titular no Mundial

Por Carlos Augusto Ferrari São Paulo


Emerson no treino do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)Emerson será desfalque contra o Coritiba
(Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

O tempo fica cada vez mais curto para Emerson brigar por uma vaga de titular do Corinthians no Mundial de Clubes, em dezembro, no Japão. Ainda com dores no joelho direito, o herói do título da Libertadores vai desfalcar o Timão também contra o Coritiba, sábado, às 21h, no Pacaembu, pelo Brasileiro. Só restarão três partidas até o torneio internacional. Apesar de o confronto ser apenas no próximo fim de semana, Sheik não terá condições físicas de ser relacionado.

Ele segue em tratamento no departamento médico, alternando trabalhos físicos no gramado, como aconteceu nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava. A previsão é de que o atacante seja liberado somente no fim desta semana para realizar atividades mais intensas com bola. Assim, só voltará diante do Internacional, dia 18 de novembro, no Beira-Rio. Nas duas últimas rodadas, o Corinthians faz os clássicos contra Santos e São Paulo.

Emerson completará no sábado cinco partidas ausente da equipe. Ele se lesionou no primeiro minuto do empate por 1 a 1 contra a Portuguesa, dia 13 de novembro, no Canindé, ao dividir uma bola com o volante Zé Antônio. O atacante tentou permanecer no gramado por mais alguns minutos, mas não conseguiu superar as dores no local.

O técnico Tite sempre deixou claro que o desempenho nas últimas seis rodadas do Brasileirão será determinante para a escolha dos titulares no Mundial. Emerson não participou de nenhum deles e abriu concorrência pesada. Romarinho vem subindo cada vez mais de produção, enquanto Martinez e Guerrero crescem no conceito do treinador. Jorge Henrique, titular ao lado de Sheik na Libertadores, corre por fora depois de seguidas lesões.

Nos bastidores do clube, porém, a aposta é de que Sheik será titular mesmo não atuando com tanta frequência, principalmente depois do crédito que ganhou com dirigentes e treinadores depois de fazer dois gols na decisão do torneio sul-americano, diante do Boca Juniors



Escrito por ribamarbianchini às 08h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Painel FC

Passa a régua

Enquanto Recife, Salvador e Rio correm contra o relógio para entregar as obras de seus estádios a tempo da Copa das Confederações, o Mineirão está fechando sua conta. O BNDES liberou a penúltima parcela do empréstimo contratado para a construção da arena, de R$ 55 milhões. Do financiamento federal, no total, entraram até agora na obra R$ 380 milhões. O valor total do empréstimo solicitado é de R$ 400 milhões.

-

dividida

"Rogério joga como um jovem. Completar 40 anos como capitão só Dino Zoff pela Itália"

-

Esqueçam... A opção de Adriano de retornar ao futebol apenas em 2013 foi tomada para que o atacante saia dos holofotes. O jogador se diz cansado da pressão que sofre todos os dias e acredita que, anunciando seu retorno para o próximo ano, não será mais tão "perseguido" por fotógrafos e jornalistas.

...de mim. A ideia do jogador e de seu estafe é realizar um programa de treinamento nesses quase dois meses que restam até o fim do ano, sem pressão, para entrar na pré-temporada de algum clube em 2013 nas mesmas condições dos outros jogadores.

Traição. O fato de Adriano ter emitido nota oficial ontem afirmando que só retorna em 2013, aliás, irritou o Flamengo. Uma reunião com Zinho, diretor de futebol, acontece hoje para definir a saída ou não do do atacante da Gávea.

Rotina. Apesar das pichações ameaçando-o de morte, o presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, descarta aumentar sua segurança particular. O cartola acredita que, mesmo com o time em situação delicada e com os torcedores enfurecidos contra ele, o reforço não é necessário. Além de Tirone, o vice de futebol Roberto Frizzo também é alvo.

Portas fechadas. Executivos do São Paulo e da Penalty se reúnem para mais uma rodada de negociações amanhã. A empresa, que fez proposta de fornecimento de material, deve fechar um acordo entre esta semana e a próxima.

Consumado. O governo do Rio Grande do Sul anuncia hoje a criação de uma lei estadual de incentivo ao esporte.

Burocracia. Para obter incentivo financeiro do Estado, os atletas gaúchos deverão enviar um projeto ao governo, que analisará e dará um parecer. O ex-jogador de vôlei Paulão irá ao evento hoje.

Cessar... Ao mesmo tempo em que vive em meio a uma operação da Polícia Militar para confrontar o crime organizado, o Capão Redondo vai receber um projeto social da ex-jogadora de vôlei Ana Moser, a Caravana do Esporte.

...fogo. Hoje, amanhã e quinta o projeto estará no CEU Feitiço da Vila, que fica no bairro da zona sul paulistana. Entre os atletas que devem comparecer estão Lais Sousa, ginasta, Ida, medalhista olímpica e ex-jogadora de vôlei, e dois skatistas. A ideia é dar aulas a moradores da região interessados em esporte.



Escrito por ribamarbianchini às 08h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Gobbi descarta vender Paulinho: 'Isso está fora de cogitação'

Com assédio de Inter de Milão e Chelsea, presidente do Corinthians diz que intenção é segurar o volante até, pelo menos, o fim da Libertadores de 2013

Por Carlos Augusto Ferrari São Paulo


Paulinho no treino do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)
Paulinho, durante treino do Corinthians no CT
(Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

Inter de Milão e Chelsea despontam como os principais candidatos a contratar o volante Paulinho após o Mundial de Clubes, em dezembro, no Japão. Mas, apesar do grande assédio que o jogador recebe, o Corinthians promete não facilitar a saída. Segundo o presidente Mário Gobbi Filho, a intenção é segurá-lo, pelo menos, até o encerramento da Taça Libertadores de 2013.

– Nós renovamos e foi um contrato a altura do Paulinho, do futebol que está jogando e do mercado que ele tem. Não há a menor intenção de vender o Paulinho. Isso está fora de cogitação. Temos um ciclo até julho. Acertamos o contrato para ele ficar aqui, não para vendê-lo – disse o dirigente em entrevista a emissoras de rádio.

Ciente dos olhares dos clubes europeus sobre o jogador, o Corinthians agiu rápido e comprou 50% dos direitos que pertenciam ao Banco BMG por cerca de € 5 milhões (R$ 13,1 milhões) – a outra metade é do Audax-SP. Paulinho ainda recebeu um aumento salarial considerável e prorrogou o contrato até o fim da temporada 2015.

O acerto, porém, não impede o assédio. Os próprios dirigentes do Corinthians admitem que algumas propostas devem surgir assim que a delegação retornar do Mundial. O volante foi decisivo na conquista da Taça Libertadores e ganhou muito espaço na Seleção Brasileira, entrando definitivamente na briga por uma vaga de titular na Copa de 2014.

Nos últimos meses, a imprensa europeia passou a noticiar novamente que o Inter de Milão estaria disposto a pagar € 15 milhões (R$ 39,4 milhões). Já os jornais ingleses especularam sobre um possível interesse do Chelsea, provável adversário corintiano na decisão do Mundial.

– Não queremos nos desfazer de nenhum jogador. Pelo contrário. Queremos trazer o que o Tite pedir – ressaltou Gobbi.

Paulinho não confirma que ficará até julho. Em várias entrevistas, o volante chegou a dizer que só garantia a permanência no Timão até a competição no Japão. O clube já vem preparando um substituto. Guilherme, contratado da Portuguesa durante o Brasileirão, é uma grande aposta dos dirigentes para ficar com a vaga. Se é que ela ficará vaga.



Escrito por ribamarbianchini às 10h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Painel FC

Agora vai

A vitória do PT de Fernando Haddad na eleição para a Prefeitura de São Paulo gerou otimismo dentro do Corinthians quanto à liberação dos R$ 420 milhões em incentivos fiscais para o Itaquerão. Acredita-se que a nova gestão, ligada ao ex-presidente Lula, entusiasta da construção do estádio corintiano, conceda rapidamente a liberação dos benefícios. A arena ainda não recebeu um centavo do prometido pelo poder público.

-

Ajudinha. Há ainda a expectativa de que, com Haddad, a prefeitura reduza o seu grau de exigência em relação a outras situações que ainda estão pendentes. Por exemplo, sobre o número de vagas de estacionamento que o Itaquerão deve ter, segundo o que é pedido pelo município.

Contramão. Em sua campanha para prefeito, o petista recebeu apoio de Andres Sanchez, ex-presidente do Corinthians e militante do PT, e dos mandatários do Palmeiras e do São Paulo. Mário Gobbi, atual presidente corintiano, preferiu não apoiar nenhum candidato à prefeitura.

Pela honra. Mesmo amargando a zona de rebaixamento, o Palmeiras fechou patrocínio de camisa até o fim do Campeonato Brasileiro. A Meltex, empresa que será a responsável pelas franquias das lojas oficiais do clube, fará divulgação da marca no ombro do uniforme palmeirense.

Vitrine. Dentro do Palmeiras calcula-se que entrarão na conta do clube R$ 250 mil pelo contrato de patrocínio. O nome da marca que aparecerá na camisa alviverde será "Academia Store". Aliás, a promessa da diretoria palmeirense é que a primeira loja do clube seja lançada até o final deste ano.

Vetada. Acostumada a ser "point" decorativo da cidade, a avenida Paulista não terá um dos símbolos da Copa-2014. A Prefeitura de São Paulo vetou a instalação de um relógio de contagem regressiva para o Mundial no local.

Contador. Segundo decisão da Comissão de Proteção à Paisagem Urbana do município, há agora três opções de lugar para o marcador ficar: o Anhagabaú, o viaduto do Chá e a avenida Brigadeiro Faria Lima. A definição do local em que o relógio oficial vai ser instalado precisa sair até junho de 2013 -um ano antes do início da Copa.

Esperança. A Paulista, no entanto, ainda tem chances de receber uma bola gigante decorativa da Copa. Também estão na disputa para abrigar a "Brazuca", nome oficial da bola, o parque Ibirapuera e o vale do Anhangabaú.

Incentivo. Para a etapa de Campinas do Circuito Banco do Brasil de vôlei de praia, a dupla 4ª colocada no ranking brasileiro, Lili e Rebecca, fechou patrocínio. Acertaram com a Dotz, programa de fidelização. O torneio,que começou ontem, acaba domingo.

-

dividida

"Não lembro de alguém, agindo de boa-fé, procurar vantagem atacando acerto do árbitro"



Escrito por ribamarbianchini às 09h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Timão descarta pagar bicho extra para afundar o Verdão

Duílio Monteiro Alves diz que premiação por vitória continuará a mesma para clássicos e espera partida mais limpa do que a última entre os clubes

Por Carlos Augusto Ferrari São Paulo

type="text/javascript">
Duilio Alves, diretor de futebol do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)
Duilio Alves, diretor adjunto de futebol do Timão
(Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)

O Corinthians pode colaborar neste domingo para colocar o arquirrival Palmeiras mais próximo do rebaixamento. Uma vitória do Timão no clássico das 16h, no Pacaembu, deixaria o Verdão em uma situação ainda pior na classificação do Brasileirão. Mas, segundo a diretoria, não haverá nenhum incentivo extra para afundar o histórico inimigo rumo à Série B.

Duílio Monteiro Alves, diretor adjunto de futebol, garante que o Corinthians não pagará uma premiação maior ao elenco em caso de vitória. O valor, não divulgado, continuará igual para resultados positivos sobre os rivais, montante um pouco superior ao de triunfos em partidas comuns.

– O bicho será o normal de clássico. Não tem nada a mais. Estamos preocupados com a gente. Não tem motivação maior pela situação do Palmeiras. Sabemos a importância de ganhar um clássico – afirmou.

O Corinthians, porém, quer aproveitar o momento de instabilidade do adversário – demitiu o técnico Luiz Felipe Scolari nesta quinta-feira. Uma vitória deixaria o Timão mais próximo da meta de 45 pontos estipulada por Tite para poder pensar no Mundial de Clubes. Hoje, tem 32.

– O Palmeiras está em uma situação deliciada, mas continua sendo um grande rival. O Corinthians está buscando pontos porque nossa situação não é confortável – ressaltou o dirigente.

Timão e Verdão se enfrentaram pela última vez no primeiro turno do Brasileirão. Mesmo com os reservas em campo, os alvinegros venceram por 2 a 1, de virada, em grande atuação de Romarinho. A partida ficou marcada por um grande número de faltas e algumas disputas mais ríspidas entre os jogadores.

– O último foi um jogo pegado. Temos a preocupação que seja um jogo limpo e com um nervosismo menor – disse Alves



Escrito por ribamarbianchini às 06h57
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Painel FC

BERNARDO ITRI painelfc.folha@uol.com.br

 

Raio-X

Os próximos jogos do Palmeiras serão o termômetro para diagnosticar a demissão de Luiz Felipe Scolari. Para cartolas do clube, a reação dos jogadores em campo será fundamental para entender como se deu a fritura do técnico. A leitura é que, em meio ao confronto velado que Scolari travava com a direção de futebol -principalmente com Roberto Frizzo e, ultimamente, com César Sampaio-, alguns atletas estavam contra ele.

Jogando contra. Há no clube um temor de que os resultados ruins do time sejam reflexo da atitude de jogadores que ficaram do lado da ala da diretoria que não gostava de Scolari. E que esse posicionamento tenha sido instigado pela própria direção de futebol.

Cartada. A demissão de Scolari e a possível reação do time no Brasileiro foram entendidas dentro do Palmeiras como uma tentativa de Arnaldo Tirone para se reeleger à presidência do clube em 2013. Pelo menos em um primeiro momento, no entanto, conselheiros consideram que a ação será um tiro no pé.

Ou vai ou racha. Ontem à noite, representantes de Ganso diziam que se encontrariam com cartolas do São Paulo para definir se o clube continuará ou não no negócio. Em caso de desistência dos paulistas, o caminho para o meia fechar com o Grêmio ficará livre.

Negócios à parte. A diretoria do Grêmio diz ter como trunfo para contratar o meia um problema na relação de Delcir Sonda, representante de Ganso, com o Inter. Segundo um dirigente gremista, Sonda, torcedor e um dos principais investidores colorados, tem cerca de R$ 15 milhões para receber do Internacional.

Hospedagem. A CBF já escolheu o hotel em que a seleção brasileira vai se hospedar em Goiânia, para o jogo contra a Argentina, na próxima quarta-feira. Será o hotel Mercure, que é um dos indicados pela Fifa para abrigar seleções na Copa-2104.

Obrigação. Embora a CBF tenha rescindido com a empresa terceirizada que fazia sua contabilidade, os balanços financeiros da confederação ainda precisarão passar por um crivo externo. A contabilidade da CBF, que agora será feita internamente, precisa, segundo a Lei Pelé, passar por uma auditoria externa.

Cara a cara. José Maria Marin encontrou ontem Ednaldo Rodrigues, presidente da Federação Baiana que foi contra sua entrada na presidência na CBF, e agiu normalmente. No lançamento da Copa do Nordeste, Marin parabenizou publicamente o cartola pelos 99 anos da federação.

Cortesia. Mesmo sem determinação da ITF (Federação Internacional de Tênis), o Harmonia, clube que abriga o Brasil x Rússia na Copa Davis, providenciou aos europeus dois intérpretes: um inglês/português e outra russo/português.

Colaborou FERNANDO ITOKAZU, enviado especial a São José do Rio Preto (SP)

Dividida

"O Barcelona não faria o que o Real está fazendo com o Kaká"
DANIEL ALVES
lateral do Barça, sobre a situação do meia, que joga no rival, ao "Esporte Interativo"



Escrito por ribamarbianchini às 06h55
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Corinthians

Paulinho volta ao time, que pode perder Emerson

DE SÃO PAULO - O volante, desfalque do Corinthians no empate contra a Ponte Preta, anteontem, voltou a treinar ontem e deve enfrentar o Palmeiras, no domingo, no Pacaembu. Outro volante, Ralf, suspenso na última rodada, também volta.

Por outro lado, o time perdeu o lateral Alessandro, suspenso pelo terceiro cartão amarelo -Guilherme Andrade deve ser seu substituto.

O atacante Emerson corre risco de não jogar. Expulso na vitória sobre o Atlético-MG, ele será julgado hoje por ofensas ao árbitro Péricles Bassols e pode pegar até 21 jogos de suspensão. "Sei reconhecer o erro, mas espero que a CBF e a Comissão de Arbitragem melhorem a arbitragem. Não adianta o jogador e o clube serem punidos e o juiz não", declarou o corintiano anteontem



Escrito por ribamarbianchini às 06h53
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Felipão não é mais técnico do Palmeiras. Leão é o favorito

Demissão do treinador foi cogitada durante a madrugada e confirmada na tarde desta quinta, após reunião dele com a diretoria

Por GLOBOESPORTE.COM São Paulo

type="text/javascript">
Felipão palmeiras grêmio (Foto: Ale Cabral / Agência Estado)
Luiz Felipe Scolari: demitido do Palmeiras 
(Foto: Ale Cabral / Agência Estado)

Luiz Felipe Scolari não é mais o técnico do Palmeiras. Em reunião realizada na tarde desta quinta-feira no clube, após a derrota por 3 a 1 para o Vasco, em São Januário, foi decretado o fim do ciclo do treinador à frente da equipe do Palestra Itália. O mais cotado para substitui-lo é Emerson Leão - ironicamente, predecessor do próprio Felipão na seleção brasileira, em 2001.

Além de Felipão, o auxiliar Flávio Murtosa também foi demitido, segundo nota publicada no site oficial do Palmeiras. Galeano, coordenador técnico, ainda balança no cargo. No clássico contra o Corinthians, domingo, no Pacaembu, o time será comandado pelo ex-jogador Narciso, técnico do sub-20.

A diretoria já definiu que vai atrás de Emerson Leão, atualmente no São Caetano. Mas o técnico já teria dito à diretoria do clube do ABC que não pretende sair agora, já que tem contrato até dezembro. Dorival Júnior, do Flamengo, e Paulo Autuori, que dirige a seleção do Qatar, são os outros cotados no Verdão.

A irregularidade vinha sendo a marca do Palmeiras de Felipão na temporada. A torcida alviverde comemorou muito a conquista da Copa do Brasil (em 11 de julho, ao bater na final o Coritiba), e a consequente classificação para a Libertadores de 2013. Por outro lado, o Verdão colecionou resultados negativos no Brasileiro, caindo para a penúltima colocação após a derrota desta quarta. Do título nacional até o duelo com o Vasco foram 16 partidas pelo Brasileirão, sendo nove derrotas, três empates e somente quatro vitórias.

A luta do Palmeiras agora é contra o rebaixamento para a Série B. Ao todo, o time comandado por Luiz Felipe Scolari somou apenas 20 pontos, estando a sete do Flamengo, o primeiro fora do indesejado Z-4. O Rubro-Negro tem ainda a vantagem de contar com uma partida a menos (23 contra 24), um duelo adiado com o Atlético-MG.

Esta foi a segunda passagem de Felipão pelo Palmeiras. Na primeira, entre 1997 e 2000, o técnico conduziu o Verdão a títulos incontestáveis e à condição de uma das principais equipes do futebol sul-americano. Entre as maiores conquistas estão a Taça Libertadores (1999), Copa Mercosul (1998), Copa do Brasil (1998) e Torneio Rio-São Paulo (2000).

Scolari seguiu sua carreira com trabalhos destacados pelo Cruzeiro (campeão da Copa Sul-Minas em 2001), seleção brasileira (campeão mundial em 2002), seleção de Portugal (vice-campeão da Eurocopa em 2004), Chelsea e Bunyodkor, do Uzbequistão (campeão uzbeque em 2009), retornando ao Palestra Itália em 2010.

Confira os números de Felipão no Palmeiras

Total: (407 jogos, 192 vitórias, 111 empates, 105 derrotas)

Segunda passagem: (154 jogos, 65 vitórias, 47 empates, 42 derrotas)

2012 – 51 jogos, 22 vitórias, 11 empates, 18 derrotas
2011 – 65 jogos, 29 vitórias, 24 empates, 12 derrotas
2010 - 38 jogos, 14 vitórias, 12 empates, 12 derrotas
2000 - 46 jogos, 23 vitórias, 12 empates, 11 derrotas
1999 - 87 jogos, 41 vitórias, 21 empates, 25 derrotas
1998 - 78 jogos, 44 vitórias, 15 empates, 19 derrotas
1997 - 43 jogos, 19 vitórias, 16 empates, 8 derrotas



Escrito por ribamarbianchini às 06h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Escalado, Timão faz último treino antes de enfrentar o Atlético-MG

Técnico Tite leva apenas titulares ao campo neste sábado para trabalho de posicionamento. Única mudança é o retorno de Paulo André à defesa

Por GLOBOESPORTE.COM São Paulo

type="text/javascript">
Tite Corinthians (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)
Técnico Tite durante treino do Corinthians no CT
(Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

O Corinthians está pronto para enfrentar o Atlético-MG, domingo, às 16h, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. No treino deste sábado pela manhã, no CT Joaquim Grava, o técnico Tite não apresentou novidades e confirmou o zagueiro Paulo André na vaga de Wallace depois de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

O treinador alvinegro já havia anunciado na sexta-feira que esta deveria seria a única alteração em relação ao time que foi a campo no empate por 1 a 1 diante do Fluminense, quarta-feira, no Engenhão.

Na última atividade da semana, Tite comandou o habitual trabalho de posicionamento, colocando no gramado somente os atletas que iniciarão o confronto frente ao Galo. Ele passou orientações defensivas e ofensivas, além de lances com bolas paradas.

O atacante Martinez, recuperado de dores na coxa esquerda, treinou com os reservas no campo ao lado e está garantido na relação de jogadores convocados. O argentino iniciará o confronto no banco de reservas como a principal opção para os titulares Emerson e Romarinho.

O centroavante Paolo Guerrero, ainda com dores no tornozelo direito, permaneceu em tratamento no departamento médico e não será relacionado. Titular contra o Santos, na Vila Belmiro, ele já havia ficado fora das partidas contra São Paulo e Fluminense.

O Corinthians inicia a partida contra o Atlético-MG com a seguinte formação: Cássio, Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Douglas e Danilo; Romarinho e Emerson.



Escrito por ribamarbianchini às 14h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Diretor de seleções da CBF não ficará hospedado em CT são-paulino

Ex-presidente do Timão, Andrés Sanches optou por dormir em casa, já que tem residência na capital paulista. Mas diz que, 'se precisar', ele fica no CT

Por Alexandre Lozetti e Leandro Canônico São Paulo

type="text/javascript">
Andres Sanches durante entrevista (Foto: Alexandre Durão / GLOBOESPORTE.COM)
Andrés Sanches não quer ficar no CT do São Paulo
(Foto: Alexandre Durão / GLOBOESPORTE.COM)

Como o amistoso entre Brasil e África do Sul, no próximo dia 7 de setembro, será em São Paulo, o diretor de seleções da CBF, Andrés Sanches, optou por não se concentrar com o restante da delegação no CT do Tricolor em Cotia, cidade da região metropolitana da capital paulista. Andrés, portanto, não se hospedará numa propriedade de um rival do Corinthians.

Presidente do Timão até a última temporada, Sanches nunca teve uma relação amistosa com o adversário. Mas ele garante, via mensagem de celular, que essa rivalidade não pesou em sua decisão de optar por dormir em casa, muito embora pessoas próximas ao dirigente tenham dito que ele não se sentiria à vontade no local.

Recentemente, junto do presidente da CBF, José Maria Marin, Sanches esteve em Cotia justamente para conhecer o local de concentração da Seleção na próxima semana. E lá, viu que a decoração dos quartos é toda tricolor, assim como as roupas de cama e banho. Segundo o São Paulo, tudo será mantido para uso do time verde e amarelo.

Mesmo sabendo da rivalidade que há entre Andrés Sanches e São Paulo, o presidente José Maria Marin teria pedido ao seu diretor de seleções que dormisse na concentração da seleção brasileira. Também em mensagem de texto, o corintiano negou essa informação e disse que como o jogo é em sua cidade natal, não há necessidade.

Em contato telefônico, a assessoria de imprensa da CBF afirmou que realmente Andrés Sanches não é obrigado a concentrar junto dos jogadores, mas que se houver necessidade de ele ficar por lá alguns dos dias, quando tiver uma reunião mais longa com a comissão técnica, por exemplo, ele ficará sem problemas.

A apresentação da seleção brasileira para os amistosos contra África do Sul, no Morumbi, dia 7, e China, dia 10, no Recife, está marcada para as 19h da próxima segunda-feira. Em Cotia, o time de Mano Menezes treina na terça e na quarta, no período da tarde. Na véspera da partida, a atividade será no Morumbi. 



Escrito por ribamarbianchini às 14h28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Luis Alvaro desabafa contra Ganso e diz que novela 'já encheu o saco'

Dirigente mantém o tom duro da nota oficial do clube divulgada na última sexta-feira e diz que jogador só sai pelo valor da multa rescisória

Por GLOBOESPORTE.COM São Paulo

type="text/javascript">
Luis Alvaro Ribeiro, Santos (Foto: Marcelo Hazan / Globoesporte.com)
Luis Alvaro Ribeiro diz que Ganso só sai pela multa
(Foto: Marcelo Hazan / Globoesporte.com)

O presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, mostrou neste sábado o quanto está chateado com o meia Paulo Henrique Ganso. Na última sexta-feira, o clube divulgou uma nota oficial afirmando que não negocia mais a venda do jogador e que quem quiser tirá-lo da Vila Belmiro terá de pagar a multa rescisória. Pouco antes do duelo contra o Palmeiras, no Pacaembu, o dirigente explicou os motivos da reação no comunicado do Peixe e foi além. Afirmou que está “de saco cheio” com a novela e o comportamento do camisa 10.

Segundo Laor, Ganso foi infeliz ao dizer que seria um prazer jogar pelo São Paulo, clube que fez proposta por seu futebol, rechaçada pelo Peixe. Ao ser questionado sobre se a nota não serviria para alimentar mais a polêmica, o dirigente foi duro.

Quem fala o que quer, ouve o que não quer"
Laor, presidente do Santos

- Quem fala o que quer, ouve o que não quer. Não é a primeira vez (que Ganso dá declarações polêmicas). No Mundial (em dezembro), ele falou que o Santos não se interessou por comprar parte de seus direitos e, por isso, ele vendeu para o parceiro (Grupo DIS). Isso nunca existiu, pois sequer nos ofereceram. São várias declarações desse tipo, sempre às vésperas de jogos importantes. Enfim, já encheu o saco - afirmou o dirigente, em entrevista a rádio “Bandeirantes”.

Antes do início do clássico contra o Palmeiras, a torcida do Santos protestou contra o jogador, exigindo respeito. A manifestação tem o apoio do presidente santista.

- Torcida tem de ser respeitada. Quando há resvalo nesse respeito, é natural que eles se manifestem. Ator de teatro, quando sobe ao palco, pode receber aplausos ou vaias. E no futebol isso é natural. Eu sei (do descontentamento da torcida) porque eles me procuraram e se manifestaram muito aborrecidos com a declaração que o jogador deu - disse.

Por fim, Laor garantiu que, apesar de tanta polêmica, o clima no Santos é bom para Ganso. Por outro lado, avisou que o jogador tem todo o direito de querer ir embora - desde que pague a multa rescisória de seu contrato: R$ 53 milhões para transferências nacionais e 50 milhões de euros para o exterior.

- Quer sair? Paga a multa e acabou. Vai para onde quiser. Eu não vou mais ficar alimentando isso. Estamos empenhados na reabilitação no Brasileirão e na decisão da Recopa. Temos mais o que fazer.



Escrito por ribamarbianchini às 07h20
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Rival escalado? Tite crava: 'Estamos preparados para todas as situações'

Após Ney Franco fazer trabalho fechado e divulgar formação do São Paulo, treinador do Corinthians diz que sabe todas as alternativas do adversário

Por Carlos Augusto Ferrari São Paulo

type="text/javascript">
Tite, Corinthians, Entrevista (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)
Tite, em entrevista no CT Joaquim Grava
(Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Ney Franco comandou um treino fechado no São Paulo na sexta-feira, mas revelou a escalação para o clássico contra o Corinthians, domingo, às 16h, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. Tite, porém, não acredita que levará vantagem por saber desde sexta-feira como o adversário começará a partida.

A grande novidade do adversário será a presença do centroavante Luis Fabiano, recuperado de lesão. Na defesa, o treinador foi obrigado a improvisar. O zagueiro Paulo Miranda foi colocado na lateral direita, enquanto o destro Douglas apareceu na esquerda, com a suspensão de Cortez.

– Eu fico atento ao adversário para saber as características da equipe. Já acompanhei o Paulo Miranda como lateral, essa inversão na lateral, a volta do Luis Fabiano como um jogador de área ou o Cícero, de mais movimentação. Estamos preparados para todas as situações – afirmou.

Tite, aliás, fez elogios ao rival, mas lembrou que o Corinthians vem em uma fase de destaque, mesmo tendo perdendo por 3 a 2 para o Santos, na Vila Belmiro. O Timão estava havia nove rodadas sem perder, deixando as últimas colocações e pulando para o meio da tabela.

– O São Paulo tem um conjunto muito forte e está procurando se consolidar. São vários valores técnicos de muita qualidade. Será um grande clássico. Nós também estamos fortalecidos, com um nível de atuação muito bom – ressaltou.

O São Paulo é o sexto colocado no Brasileirão, com 28 pontos. O Corinthians aparece em décimo lugar, com 24.



Escrito por ribamarbianchini às 07h16
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Painel FC

EDUARDO OHATA E BERNARDO TRI
painelfc.folha@uol.com.br

 

Custo Adriano

No Flamengo, Adriano vai receber um variável, de acordo com sua produtividade, mas terá, sim, um salário fixo. O atacante ganhará R$ 50 mil mensais registrados, outros R$ 50 mil referentes ao direito de imagem e mais R$ 20 mil por partida. A ideia da diretoria flamenguista é gastar com Adriano R$ 200 mil por mês -menos da metade do que ele recebia no seu último clube, o Corinthians, no qual ganhava R$ 500 mil.

Opositor. Uma reunião no Cine Leblon, no Rio, lançará a candidatura de Valin Vasconcelos, ex-diretor do BNDES, à presidência do Flamengo. Valin conta com o apoio de empresários, como Eike Batista.

Me dê motivo. A situação do Flamengo entende que a candidatura de Valin é apoiada por empresários por causa do Maracanã. A explicação é que, com um aliado como presidente no Flamengo, será mais fácil conseguir força para obter a administração do Maracanã. Eike Batista, por exemplo, tem interesse explícito em gerir estádios da Copa, principalmente o Maracanã.

Aumento. Já é mencionado na cúpula palmeirense salário de R$ 1,2 milhão líquido para manter Luiz Felipe Scolari no Parque Antarctica. Grupos que estudam lançar candidatos, no entanto, alertam que tal acerto poderá ser questionado pela próxima gestão.

Trato. Nesta semana, Arnaldo Tirone disse que iniciou as conversas com o treinador para mantê-lo no clube.

Briga. Cabo Frio e Juiz de Fora duelam para receber os jatos executivos que voarão para o Rio na Copa e na Olimpíada, mas as duas cidades têm suas dificuldades.

Nem lá nem cá. Cabo Frio precisa expandir o seu pátio. A necessidade de Juiz de Fora é derrubar um morro da cabeceira da pista. Com tantos problemas, a aposta provável é a base aérea de Santa Cruz, de interesse do governo, mas que não agrada aos militares.

Ponte aérea. Antonio Moreno Neto, novo secretário de Esportes de SP, assumiu o cargo de olho nas oportunidades para o município para a Rio-16. Neto foi a Londres para acompanhar os Jogos com Márcia Lins, secretária de Esportes do Rio. A aproximação aumenta a exposição de São Paulo em relação a parcerias para 2016.

No mapa. Especialistas em marketing esportivo apontam que um dos benefícios de São Paulo ganhar espaço no "radar" do Rio é a possibilidade de a capital paulista receber delegações para aclimatação de diversas modalidades para a Olimpíada do Rio.

Intercâmbio. Em sua viagem a Londres para os Jogos, Márcia Lins aproveitou para fechar acordos de cooperação. Com a Federação Internacional de Basquete, definiu a implementação no Rio do basquete 3 x 3. E, com a Federação Internacional de Levantamento de Peso, o recebimento de equipamento e know-how.

dIVIDIDA

"Vamos ouvir não só o COB, mas também as confederações sobre resultados de Londres"

RICARDO LEYSER
secretário do Ministério do Esporte, sobre a performance do Brasil na Olimpíada



Escrito por ribamarbianchini às 07h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, ESPIRITO SANTO DO PINHAL, Homem, de 46 a 55 anos, Portuguese, Política, Esportes
Outro -
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  Matador da Fiel
  Futebol Interior
  Blog da Larissa Beppler
  Site da FIFA
  Corinthians Internacional
  SITE CHICO LANG
  Rádio Coringão
Votação
  Dê uma nota para meu blog